sábado, 17 de julho de 2010

'Dunga’ do Flamengo fará sua estreia contra o Atlético-GO

Apelidado pelos companheiros, Correa diz que é preciso ter atenção contra o lanterna do Brasileiro neste domingo


A educação e a simpatia de Correa nas entrevistas é bem diferente da que Dunga costumava exibir enquanto era o comandante da Seleção Brasileira. Mas a aparência física do volante com o ex-treinador lhe valeu o apelido dele não só no Flamengo, mas nos outros clubes por onde passou. Regularizado na CBF, o jogador vai fazer sua estreia com a camisa rubro-negra contra o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada.

Apesar de o adversário ocupar a lanterna do Brasileiro, Correa cobrou muita atenção para o time não ser surpreendido neste jogo. Mas o Dunga do Flamengo fez suas observações de maneira serena e educada.

- Já me disseram isso (que sou parecido com o Dunga) muitas vezes... Já estão me chamando assim aqui também. Mas isso não é de hoje e vem desde a época de Palmeiras – brincou o volante, para depois falar sobre o jogo.

- Toda estreia é sempre boa, mas não só eu preciso estar atento, mas todo mundo... O Atlético-GO não vive bom momento, mas está jogando em casa e precisa da vitória. Estamos pensando grande e não adianta ter ganhado só o clássico com o Botafogo – disse Correa.

O volante só ficou fora deste último jogo pelo fato de não ter sido regularizado. Mas seu nome apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na última quinta-feira e ele está confirmado como titular no lugar de Rômulo contra o Atlético-GO, às 16h (horário de Brasília) de domingo, no Serra Dourada.

Por: globoesporte.com



Correa estreia domingo pelo Flamengo e avisa que chega para ser titular

Pela primeira vez o volante Correa vestirá a camisa do Flamengo numa partida oficial. Ele foi regularizado e poderá enfrentar o Atlético-GO, neste domingo, às 16h, no Serra Dourada, pela nona rodada do Campeonato Brasileiro. O jogador disse que chegou para não sair mais do time titular.

“Cheguei para jogar, mas respeitando os companheiros. Para isso acontecer preciso corresponder. Se eu ganhar a vaga, vou mostrar serviço contra o Atlético-GO. Este primeiro jogo será bom porque preciso de ritmo”, afirmou.

A expectativa era a de que o volante pudesse estrear na última quarta-feira contra o Botafogo, mas o seu nome não apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF. Na quinta, ele foi registrado.

“Consegui ter mais tempo de treino e estou me entrosando com o resto do grupo. Mas entrosamento, de fato, só conseguirei atuando. É bem mais fácil quando a gente tem jogadores de qualidade como Willians, Petkovic e Kleberson no meio-de-campo”, disse.

Além dos jogadores que atuam no meio, Correa destacou a importância dos laterais como uma das principais armas da equipe do Flamengo. Para ele, Juan (esquerdo) e Leonardo Moura (direito), são uma espécie de força motriz para o ataque rubro-negro.

“Temos dois jogadores diferenciados nas laterais, que são muito importantes para aumentar a nossa força ofensiva. Nós, do setor defensivo, temos de ficar alertas e ajudar na proteção. Mas a equipe está bem compactada no setor defensivo”, encerrou.

Por: uol esportes

Assis diz que não negociou com Fla e Gaúcho deve renovar com Milan

Segundo o irmão e agente do jogador, encontro com Patrícia Amorim foi casual e clube italiano quer estender vínculo com o craque até 2013


Roberto de Assis, irmão e empresário de Ronaldinho Gaúcho deixou claro em entrevista ao 'Calcio.news24.com' que o craque não deixará o Milan. Nem o interesse do Flamengo e um possível assédio do Los Angeles Galaxy vão fazer tirar o jogador da Itália. Assis foi além e revelou que o Milan já fez uma proposta de renovação de contrato para o atleta, com validade até junho de 2013, mas que o assunto só será definido a partir de dezembro.

- O Milan tem uma proposta de um novo contrato para o Ronaldinho até 2013, mas só falaremos sobre isso em dezembro - revelou ao site italiano.

Sobre o interesse do Flamengo e um possível assédio do futebol americano, Assis disse que sequer chegou a negociar com o clube carioca.

- É claro que esta publicidade positiva é muito conveniente para o Flamengo. Só posso dizer que o único contato com o presidente do clube foi por acaso, em uma noite no Rio de Janeiro. Falcão também estava no restaurante. Conversamos com Patrícia Amorim, que foi muito cordial, mas foi um contato superficial. Se perguntarem se um dia um jogador tem a intenção em jogar pelo Flamengo, a resposta é claramente que sim. Isso explica o sonho do Flamengo. Mas nada há. Não fizemos contato com ninguém. Nada mudou para nós. Nós não vamos falar com outros clubes, se o Milan mantiver a sua linha. Temos boas relações com o clube, e meu irmão vai continuar - explicou.

Sobre uma transferência para a liga americana de futebol, a condição é a mesma. Apenas se o Milan não quiser mais Ronaldinho.

- A MLS? Conhecemos muitas pessoas no Estados Unidos, e Beckham já convidou Ronaldinho. Se não chegar a um acordo com o Milan no fim do ano, A MLS poderia ser uma opção para a próxima temporada - completou.

O site 'Sky Sport Itália' informou que Ronaldinho Gaúcho chegará à Itália neste domingo, onde já teria uma reunião com Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, para começar a falar sobre seu futuro no clube. O craque passa as férias no Rio de Janeiro.

Por: globoesporte.com

Petkovic não treina, mas é relacionado no Flamengo

Meia sérvio foi um dos destaques contra o Botafogo



O meia Petkovic não treinou nesta sexta-feira no Flamengo e deixou uma dúvida sobre sua escalação para o jogo de domingo, contra o Atlético-GO, no Serra Dourada.

O jogador apresentou dores de cabeça e ficou de fora do time. Mesmo assim, ainda está na lista de selecionados para o duelo válido pela nona rodada do Campeonato Brasileiro.

"Nós contamos com ele para domingo", disse Rogério Lourenço, técnico do Flamengo "O que me disseram é que ele se sentiu mal e não pode treinar".

No treino desta sexta, o jovem Camacho treinou na vaga de Petkovic, um dos destaque na vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo no clássico disputado na última quarta, no Maracanã.

Por: terra.com

Correa: 'O entrosamento vem com a sequência do trabalho'

Titular no domingo, volante confia na qualidade dos companheiros


Pronto para estrear diante do Atlético-GO, no próximo domingo, às 16h, no Serra Dourada, o volante Correa, que não jogou o clássico contra o Botafogo por não estar regularizado na CBF, não esconde a ansiedade para a partida. Começar como titular dá moral para o jogador.

- Foi feito um trabalho para ser titular. Todo jogador quer começar jogando e não é diferente comigo. Respeito sempre a posição do treinador, mas cheguei fazendo o meu trabalho e para jogar. Se tudo correr bem até domingo, vou fazer minha estreia e tentar corresponder. Mas todo mundo é importante e tem que se sentir assim. Cada um tem sua parcela de responsabilidade e quando o treinador precisar, tem que entrar e mostrar trabalho - afirmou.

O ritmo de jogo não preocupa Correa, que confia nos companheiros.

- O entrosamento vem com a sequência do trabalho. Terei jogadores de qualidade ao lado, como Willians, Kleberson e Pet, o que facilita muito. Estou fazendo uma função mais defensiva, mas também para dar qualidade na saída de bola e no passe ligando a defesa ao ataque - disse.

O técnico rubro-negro, Rogério Lourenço, quer aproveitar a boa vitória no clássico. Ele respeita os goianos, mas quer aproveitar as fragilidades do adversário.

- Temos que saber que todos os jogos são difíceis. É uma equipe que vai jogar em casa, pressionada, e temos que saber tirar proveito disso. Precisamos aproveitar o fato de eles estarem nesta posição. Mas a responsabilidade é a mesma em todos os jogos. Temos que estar atentos - concluiu Lourenço.

Por: lancepress

Zico descarta contratação do atacante Deivid

Vínculo com clube turco é o empecilho da vez


Depois de afirmar que a contratação de Ronaldinho Gaúcho fica mais para a frente, Zico, diretor executivo do Flamengo, deu a entender que o atacante Deivid, outro nome ventilado na Gávea, é mais uma negociação complicada. E o problema esbarra, mais uma vez, no vínculo do jogador com o Fenerbahce (TUR).

- Sempre que vou para um time as pessoas falam que vou trazer jogadores de outros clubes. No Flamengo é a mesma coisa. É só ver um jogador que trabalhou comigo e está encostado em qualquer clube para achar que vou trazê-lo. Porém, vai ver o contrato deles e o tamanho da rescisão. Fica difícil - disse.

Por: lancepress

sexta-feira, 16 de julho de 2010

Flamengo anuncia Vinícius França como vice de futebol

Produtor musical trabalhará ao lado de Zico na gestão do departamento

O fim de tarde chuvoso do Flamengo veio acompanhado por uma notícia política. Antes de embarcar para um período de férias nos Estados Unidos, a presidente Patrícia Amorim comunicou a nomeação do produtor musical Vinícius França como novo vice-presidente de futebol.

- Vim aqui para ajudar. O clube precisa de um vice estatutariamente. Estou aqui para colaborar no que for preciso. O hepta não é um sonho impossível – declarou Vinícius.

A escolha teve o aval do diretor-executivo, Zico, que continua com plenos poderes no departamento, e também esteve na sala de entrevista coletiva. O vice geral Hélio Ferraz acumulava o cargo até esta sexta-feira.

Vinícius já foi vice de futebol do clube em 1992, na campanha do título brasileiro, e trabalha com grandes nomes da MPB, como Chico Buarque.

Por: globoesporte.com

Patrícia Amorim pretende processar Bruno e demiti-lo por justa causa

Presidente do Flamengo diz que ficou assustada com reação do goleiro. Conselho de notáveis vê elementos para rescisão unilateral do contrato

A presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, revelou nesta sexta-feira, em entrevista à TV Globo, que o clube pretende processar o goleiro Bruno por danos à imagem da entidade e demiti-lo por justa causa pelo suposto envolvimento no sumiço de Eliza Samudio. A gota d'água teria sido um comunicado da Batavo, uma das patrocinadoras do clube, que teria dito ao clube que não gostaria de ter a marca da empresa sendo veiculada em uniformes dos jogadores que estivessem comentando o ocorrido com o goleiro.

A decisão da presidente tem o respaldo da comissão de notáveis formada pelo clube para estudar o caso, disse o vice-presidente jurídico do clube, Rafael de Piro. O grupo, composto pelo advogado Mário Pucheu, o juiz federal Theophilo Miguel e os desembargadores Marcus Faver, Siro Darlan e Walter D'Agostino, Marcelo Antero e José da Fonseca Martins Júnior, concluiu que há elementos para aplicar a justa causa mesmo que o goleiro venha a ser inocentado.

- A comissão entendeu que por conta do episódio a situação do atleta com o clube e o se tornou insustentável e decidimos pela justa causa... O desgaste que ele já causou é suficiente para isso, por mais que ele venha a ser inocentado depois – disse Rafael de Piro ao GloboEsporte.com.

A dirigente disse ainda que se sentiu assustada diante da (falta de) reação do goleiro Bruno ao conversar sobre as acusações que lhe são feitas pela Justiça no caso. Ela conta como foi ter de encarar o protagonista do caso que surpreendeu todo o país, e principalmente a torcida rubro-negra, e dizer que ele teria o contrato com o clube suspenso enquanto durassem as investigações.

- Ele me olhou no olho. Naquele momento não estava abatido, não tinha nenhum tipo de situação conflitante em que você poderia notar tristeza. Nós estávamos curiosos, mas não perguntamos nada. Ele disse que era inocente, disse que gostava do Flamengo, não queria prejudicar a imagem do clube, e aceitou.

Patrícia Amorim também conta a sua reação diante dos fatos, e revela que Bruno pediu para conversar com os jogadores do Flamengo no vestiário.

- Eu levantei, fiquei olhando a foto do Centro de Treinamento. Não conseguia conviver com aquela situação. Ele ainda queria conversar com os jogadores no vestiário, mas o Isaías (Tinoco, supervisor de futebol) disse que não seria bom. Ele estava muito tranquilo, muito tranquilo. Olhava no olho. Aquela tranquilidade me assustou, porque nenhum de nós estava tranquilo. Foi dificil, complicado. Depois ele saiu pela quadra, e eu vi na internet que ele disse que ainda iria rir da situação. A gente não estava rindo - finalizou Patrícia Amorim.

A partir do caso Bruno, o Flamengo decidiu incluir em todos os novos contratos dos jogadores uma cláusula que prevê sanções judiciais caso o atleta se envolva em situações que denigram a imagem do clube publicamente.



Confira abaixo a íntegra da cláusula:

"O atleta X (colocar o nome do atleta), se obriga expressamente em honrar a imagem e o bom nome do CRF e de seus patrocinadores, mantendo conduta ilibada dentro e fora de campo, observando as regras de boa conduta e imagem pública que lhe são pertinentes, sob pena de rescisão imediata do contrato, sem qualquer ônus para o CRF. §1º - A inobservância do disposto nesta cláusula acarretará sanções legais ao atleta e quem mais tiver dado causa à violação, respondendo administrativa, civil e criminalmente, inclusive por danos morais, materiais e à imagem, sem prejuízo de outras medidas judiciais cabíveis."

A entrevista completa de Patrícia Amorim você confere neste sábado, no Globo Esporte, que começa às 12h45m (de Brasília).

Por: globoesporte.com

Fla deposita em Assis a esperança de ter Ronaldinho em 2010

Clube reconhece que não tem dinheiro para pagar possível rescisão do jogador com o Milan e aceita contratá-lo somente no ano que vem


As notícias do exterior sobre Ronaldinho Gaúhco não são as melhores para o Flamengo. Se na Itália o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, avisa que a negociação é “absurda”, nos Estados Unidos um dirigente coloca o astro a poucos dias do Los Angeles Galaxy.

Em entrevista nesta sexta-feira, a presidente Patrícia Amorim e o diretor-executivo Zico mantiveram o interesse público no atleta. Mas admitem que negociação pode ficar para 2011 se o clube italiano exigir qualquer compensação financeira pelo jogador.

- O Flamengo não dispõe de recurso para trazer o jogador agora. Daqui a seis meses, talvez possa fazer uma proposta mais viável. Atualmente só podemos pagar salário – declarou Patrícia.

Há um acerto verbal entre o Fla e Ronaldinho, que curte os últimos dias de férias no Rio de Janeiro. O agente dele, Assis, chegará à Itália nos próximos dias para tentar a saída amigável do irmão, cujo contrato termina em junho de 2011.

Por: globoesporte.com

Dono de clube deixa entender que Ronaldinho Gaúcho jogará nos EUA

Dave Checketts diz que MLS fará investimento em jogador de renome mundial. Perguntado se ele era brasileiro, dirigente afirma: "Provavelmente"



Depois do interesse do Flamengo em Ronaldinho Gaúcho, outras propostas têm surgido pelo atacante do Milan. Nesta sexta-feira, o proprietário do Real Salt Lake, Dave Checketts, deu a entender que o jogador vai atuar na MLS, liga de futebol profissional dos Estados Unidos, para onde já se transferiu o atacante francês Thierry Henry, ex-Barcelona.

Por enquanto, o Milan, com quem Ronaldinho Gaúcho tem contrato até junho de 2011, declara desconhecer qualquer proposta. Segundo o vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani, dificilmente o atacante deixaria Milão sem uma compensação financeira. Porém, Checketts afirmou que um clube americano, possivelmente o Los Angeles Galaxy deseja responder à contratação de Henry pelo rival New York Red Bulls.

- Espero que, pelo que se tem conversado, possamos anunciar mais um grande jogador para a MLS (Major League Soccer). Nos próximos dias, devemos anunciar o nome de um outro superstar. Não será para o nosso clube, mas imagino que esse cara está vindo para Los Angeles e vocês todos sabem quem é - disse Checketts, proprietário do Real Salt Lake.

Quando perguntado se o jogador misterioso era brasileiro, ele respondeu:

- Provavelmente sim - finalizou.

Por: globoesporte.com

Zico se anima com a evolução de Leandro Amaral e crê em acerto

Jogador, ex-Flu e Vasco, está treinando sob supervisão de profissionais do Flamengo e tem chance de fechar se provar que está recuperado de lesão


Se depender da animação de Zico, diretor executivo de futebol do Flamengo, existe a possibilidade de o atacante Leandro Amaral reforçar o ataque rubro-negro no Campeonato Brasileiro. O jogador está treinando sob a supervisão de profissionais do Fla e do CFZ, e sua evolução tem deixado todos satisfeitos. O atleta, que completará 33 anos em agosto, não atua desde julho de 2009, quando ainda defendia o Fluminense. Ele chegou a um acordo e rescindiu o contrato com o Tricolor. Com isso, pode acertar com qualquer outra equipe.

Leandro Amaral foi submetido a uma artroscopia no joelho direito, cuja previsão inicial dos médicos era de retorno em cerca de um mês. Mas por conta de uma infecção causada por um fungo (Candida Albicans), o tratamento durou seis meses (sendo dez dias de internação e seis semanas com um cateter para receber fortes antibióticos).

- Ele está treinando bem, evoluindo bem, a cada dia está crescendo de produção, dando mais confiança e motivação aos profissionais que estão trabalhando com ele. A resposta tem sido boa. Primeiro, ele fez sozinho os treinos físicos e com bola. Agora, vai entrar na fase de treino coletivo, com outros jogadores - disse Zico ao GLOBOESPORTE.COM.

O dirigente rubro-negro acredita que, com a confirmação da recuperação total do atacante, o caminho mais natural é ele fechar um contrato com o Flamengo.

- Ainda estamos nesta fase de observação, de ver como ele está reagindo. A partir do momento em que ele estiver bem, que nos derem o aval, vamos discutir esta questão de contrato. Mas, pela evolução dele, vamos caminhar nessa direção (acerto com o Fla).

Por: globoesporte.com

Paulo Sérgio é cria de uma geração problemática

Indisciplinados fora de campo, companheiros de base de Dindo não deram sequência dentro da Gávea



Em campo, a geração nascida entre 1988 e 1989 conquistou praticamente todos os títulos que disputou na base do Flamengo. Mas fora dele sempre foi conhecida como um grupo de jogadores indisciplinados. Este talvez tenha sido o maior motivo para que os companheiros de Paulo Sérgio nos juniores não conseguissem dar sequência dentro da Gávea.

Apesar de ter revelados jogadores como Leozinho, Anderson Bamba, Vinícius Colombiano, Vander, Kayke, entre outros, a geração acabou desmanchada e muito pouco aproveitada.

– Era uma grupo indisciplinado, mas ganhávamos tudo. Não lembro de nenhum título da base depois da gente. Acredito na reformulação, Zico tem olhado bem para a base e acho que vai ajudar muito a molecada. Eles vão valorizar mais – contou Paulo Sérgio, para em seguida completar.

– Fora de campo era complicado, mas quando íamos para o jogo ganhávamos sempre, pois foi uma geração brilhante. Eram grandes jogadores, poderiam ter tido mais oportunidades – lamentou o atacante do Flamengo.

Paulo Sérgio volta mais maduro ao Flamengo

Atacante admite crescimento em período afastado do clube e tenta provar força dos atletas da base

Uma bola cruzada para a área, o domínio com a esquerda, o chute com a direita e o gol. O momento decisivo do clássico da quarta-feira contra o Botafogo marcou o retorno do jovem atacante Paulo Sérgio, que mostrou estar mais maduro e pronto para deixar de ser apenas a eterna promessa da tão criticada base do Flamengo.

Apesar de ter apenas 21 anos, o atacante é um velho conhecido dos torcedores do rubro-negros, já que desde 2007 defende as cores do clube no profissional. Paulo Sérgio, ou Dindo, como gosta de ser chamado, lembrou que a passagem por empréstimo pelo Figueirense (SC), na temporada passada, e a experiência de treinar em separado, por não ter sido aproveitado por Andrade, no início deste ano, acabaram fazendo bem para a sua carreira.

– Me sinto uma pessoa melhor, um profissional melhor. Estou mais maduro, com uma bagagem por ter passado pelo Figueirense. Quando você deixa o Flamengo, com toda a grandeza que tem, e vai para um time de menor expressão, você sente. Hoje sei que tenho de me empenhar mais nos treinamentos, tenho de ser um profissional cada dia melhor para conseguir o meu espaço – disse Paulo Sérgio.

O jogador voltou a comemorar o gol que fez ontem contra o Botafogo e explicou que acredita que o Flamengo vai conseguir uma boa campanha no Brasileiro.

– Fiquei muito feliz com o gol. Estamos passando por um momento muito difícil. Porém, o grupo se uniu ainda mais e pelo empenho que estou vendo, acho que faremos bonito no Brasileiro. Quando a bola foi entrando, ela foi devagar. O Pet até me perguntou se estava querendo matá-lo do coração – lembrou o atacante, que deve estar no banco contra o Atlético-GO.

Por: lancepress

Milan deve receber proposta oficial do Flamengo por Ronaldinho no sábado


Após uma primeira negativa do vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, a negociação de Ronaldinho Gaúcho com o Flamengo pode ganhar novo capítulo. De acordo com o diário Corriere dello Sport, o jogador chega a Milão no próximo sábado acompanhado pelo irmão e agente, Assis, que deve enfim levar uma proposta oficial do clube carioca. Especula-se que o valor oferecido pelo Flamengo seja de aproximadamente 10 milhões de euros.

Na quinta-feira, Galliani ironizou o interesse flamenguista em contar com o jogador. “Flamengo? Nunca deu sinal de vida. Não levo em consideração hipóteses absurdas. Ronaldinho é do Milan e jogará a próxima temporada no Milan”, disse.

A palavra final sobre a negociação do jogador ficará a cargo de Silvio Berlusconi, proprietário do clube. Segundo o diário, o atleta quer conversar com o mandatário para saber se o clube ainda mantém o interesse de antes em seu futebol.

Thiago Silva, companheiro de Ronaldinho na Itália, disse em entrevista à emissora Sky que o jogador teria confidenciado a ele o desejo de deixar a equipe de Milão, mas foi desencorajado pelo zagueiro. “Eu disse que ele deve permanecer no Milan porque ainda temos muito a ganhar juntos”, afirmou.

Por: uol esportes

Zico deixa Diego Cavalieri de lado para apoiar Marcelo Lomba

Depois de reforçar confiança no goleiro, diretor nega interesse em Diogo e diz não conhecer o caso envolvendo a contratação de Jones Carioca


Enquanto Zico esteve na Disney, alguns assuntos relacionados às contratações pipocaram no Flamengo. Entre eles, os interesses por Diego Cavalieri, do Liverpool, Diogo, do Olympiakos, e o antigo acerto com Jones Carioca, ex-América. No fim da noite de quinta-feira, o diretor-executivo comentou, em rápidas palavras, todos estas situações. Ele admitiu que o nome do goleiro foi discutido internamente, mas reforçou que o momento é de dar apoio a Marcelo Lomba. E disse não ter conhecimento dos outros casos.

Com a prisão de Bruno, a comissão técnica discutiu a possibilidade de contratar um novo goleiro. O primeiro nome que apareceu na lista foi o de Diego Cavalieri, que não vem sendo aproveitado pelo Liverpool e foi a principal indicação do preparador Cantarelli, que já trabalhou com ele no Palmeiras. Mas Zico, pelo menos por enquanto, descartou qualquer negociação para trazê-lo.

- Ele é um nome que foi falado. Mas nossa preocupação é em dar muita força ao Marcelo (Lomba). Ele é o nosso goleiro titular – disse o diretor-executivo.

Outro assunto comentado por ele foi com relação à possibilidade de contratar Diogo, que foi seu atacante no Olympiakos. Mas Zico negou que este nome tenha sido debatido pela diretoria.

Por fim, o dirigente disse desconhecer qualquer assunto relacionado à contratação de Jones Carioca. O apoiador, que disputou o Carioca pelo América, assinou contrato por um ano com o Flamengo quando Marcos Braz ainda era vice de futebol. O empresário Jaider Moreira confirmou que o jogador fez exames médicos e físicos na última semana, e que o aval para ele começar a treinar só dependia do retorno de Zico dos Estados Unidos.

- Não sei do que se trata. Não sei nada sobre este caso – afirmou o diretor-executivo.

Por: globoesporte.com

Jogadores do Flamengo elogiam Petkovic e enaltecem sua técnica


Desprezado pela direção do Flamengo em 2009, quando Kleber Leite era o vice-presidente de futebol, e depois com Marcos Braz, Petkovic passou por maus momentos no clube. O sérvio se recuperou e criou uma legião de fãs dentro do elenco rubro-negro.

Os jogadores voltaram a falar sobre Petkovic depois da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, na qual, com toque de “precisão cirúrgica”, passou a bola para Vinícius Pacheco na área, que achou Paulo Sérgio livre para marcar o gol do Flamengo.

“O Petkovic é um líder e ajuda o time a ir para frente. Ao lado de Juan e Leonardo Moura, ele é um dos mais criativos da equipe”, elogiou o zagueiro Ronaldo Angelim.

Marcelo Lomba disse ter o termômetro para saber quando o sérvio está nos melhores dias. Basta olhar para Petkovic e, se estiver comunicativo, dando instruções ao time e conversando com Rogério Lourenço, é sinal de que coisa boa virá pela frente.

“O elenco é jovem e Petkovic é um ídolo de todos. Ele representa muito para o grupo. Quando está bem, conversa com o treinador à beira do gramado e nos orienta, fala à beça. É um dos grandes do nosso time”, disse o goleiro.

Recentemente, Petkovic renovou seu contrato com o Flamengo até 31 de dezembro de 2011. Com isso, a tendência é de que o sérvio encerre sua carreira defendendo as cores rubro-negras.

Por: uol esportes

Patrícia Amorim vai aos Estados Unidos a lazer e a trabalho

Depois de uns dias com a família na Disney, presidente terá reuniões em Nova York para buscar nadadores, convite para torneio e novos recursos


Não é apenas Zico que terá a oportunidade de encontrar com o Mickey neste mês de julho. No próximo domingo, a presidente Patrícia Amorim embarca para os Estados Unidos com o marido e seus quatro filhos para para passar alguns dias na Disney. Mas engana-se quem pensa que ela estará apenas viajando a lazer. Além da questão familiar, a dirigente tem compromissos relacionados ao Flamengo no país. Entre eles, a possibilidade de captação de novos recursos financeiros e humanos para os esportes rubro-negros, e a participação em um torneio futebolístico em dezembro.

É que o Flamengo pode ser um dos times a participar de uma competição, em Los Angeles, entre os dias 9 e 14 de dezembro. A Olympikus está tentando fazer com que o clube seja um dos convidados brasileiros do evento, e Patrícia Amorim deve ter uma reunião para conversar sobre o assunto enquanto estiver em solo norte-americano.

Este, porém, não é o único encontro por lá. Apesar de tratar do assunto com sigilo, a presidente deve ir a Nova York se reunir com um futuro patrocinador para o Flamengo. Qualquer detalhe do projeto é guardado com sigilo, mas ela já vem tratando o assunto há algum tempo visando à captação de novos recursos financeiros para o clube.

O último dos compromissos nos Estados Unidos não tem relação com o futebol, mas com o esporte em que Patrícia fez carreira. É que ela deve se encontrar com o técnico de natação do Flamengo, Marcos Veiga, com o objetivo de contratar nadadores estrangeiros para a reforçar a equipe rubro-negra na disputa do Troféu José Finkel, em setembro, no Rio de Janeiro.

Sem se aprofundar, Patrícia Amorim confirmou estes compromissos nos Estados Unidos, mas frisou que a sua agenda ainda não está definida.

- Na verdade, eu queria ter ido para Los Angeles nas últimas semanas para o Grand Prix de natação, onde eu iria encontrar com o Marcos Veiga e, quem sabe, até com César Cielo, que deve passar a nadar na Gávea a partir de setembro. Mas não deu e estou indo agora para a Disney com a minha família. Meus filhos estão de férias, a Câmara (Municipal) está em recesso este mês e vou aproveitar isso por poucos dias. Mas também vou tratar de outros assuntos por lá, enquanto meus filhos curtem um pouco. Quero trazer uns nadadores para ajudar a melhorar nossa posição no ranking brasileiro. Tem essa possibilidade de disputar um torneio em dezembro, e também tem uma possibilidade de fechar uma parceira de marketing em Nova York – explicou Patrícia Amorim, para logo em seguida brincar sobre a viagem.

É que, em meio ao sonho de contar com Ronaldinho Gaúcho, ela preferia estar viajando para outro lugar.

- Estou indo para a Disney, mas queria ir para a Itália. Eu vi que o Galliani (Adriano, vice-presidente do Milan) falou que não tem chance do Ronaldinho sair. Mas se for necessário, eu mudo minha agenda e viajo para lá para falar com eles – brincou a presidente.

Patrícia viaja no próximo domingo e, inicialmente, sua volta está marcada para a próxima sexta-feira. Ela só deve passar três dias na Disney e o restante em Nova York. Enquanto estiver fora, o vice geral Hélio Ferraz, que deve retornar de viagem à Europa nos próximos dias, comanda o Flamengo.

Por: globoesporte.com

Passado e futuro do Fla? Junior e Ronaldinho dividem roda de samba

Craque do Milan, que interessa ao Flamengo, está de férias no Rio de Janeiro até a próxima segunda-feira. Ele continua em silêncio sobre o futuro

Enquanto o Flamengo trabalha para contratar Ronaldinho Gaúcho e o irmão e empresário do jogador, Assis, está na Itália para tentar a liberação com o Milan, o craque curte cada minuto dos últimos dias de férias no Rio de Janeiro. Na noite desta quinta-feira, ele participou da tradicional roda de samba organizada pelo comentarista da TV Globo e ex-jogador Junior num bar da Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Acompanhado de amigos e vários seguranças, dividiu espaço com o ídolo do Rubro-Negro carioca e mostrou talento com o pandeiro. O atacante retorna a Milão até a próxima segunda-feira.



Ronaldinho continua em silêncio sobre seu futuro. A reportagem do GLOBOESPORTE.COM tentou se aproximar para falar com o jogador, mas logo recebeu o aviso dos seguranças de que ele não daria entrevista.

Neste período em que está no Rio, o camisa 80 do Milan chegou a se encontrar com a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, para falar sobre uma possível transferência para a Gávea. O jogador gostou da proposta salarial rubro-negra e chegou a aceitá-la. No entanto, tudo depende da liberação do clube italiano, o que, pelas palavras do vice-presidente Adriano Galliani, dificilmente vai acontecer.

- Flamengo? Nunca deu sinal de vida. Não levo em consideração hipóteses absurdas. Ronaldinho é do Milan e jogará a próxima temporada no Milan - disse o cartola, nesta quinta, à imprensa italiana.

O craque dentuço tem mais um ano de contrato com o rossonero e, em meados de 2011, poderá deixar o clube a custo zero. Além do Flamengo, Olympiacos, da Grécia, e do Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, demonstraram interesse pelo meia-atacante com propostas oficiais.

Por: globoesporte.com

quinta-feira, 15 de julho de 2010

Jornalista italiano: 'Futuro de Ronaldinho está indefinido'

Fla sonha com o meia, mas vice-presidente do Milan diz que craque fica na Itália


O Flamengo sonha com a contratação de Ronaldinho Gaúcho, meia do Milan. O craque já manifestou o desejo de jogar pelo Rubro-Negro e de ficar no Rio de Janeiro. O clube da Gávea tem como bancar o salário do meia, mas para o namoro virar casamento falta a liberação do Milan.

Vice-presidente do clube italiano, Adriano Galliani afirmou nesta quinta-feira que Ronaldinho Gaúcho vai permanecer no Milan, segundo informações do jornal "La Gazzetta dello Sport".

- Ele tem contrato com o Milan, não há nenhuma cláusula de rescisão como li nos jornais. Flamengo? Não sei de nada. Repito, Ronaldinho é jogador do Milan e vai jogar a próxima temporada pelo Milan - disse Galliani.

As declarações do vice-presidente do Milan representam o fim do sonho do Flamengo em contratar Ronaldinho? Não. Para, Andrea Ramazzotti, repórter do “Corriere dello Sport”, a situação do brasileiro é indefinida e não se pode acreditar muito na palavra de Galliani.

Confira o depoimento de Andrea sobre o dirigente do Milan e sobre a situação de Ronaldinho Gaúcho.

Com a palavra
Andrea Ramazzotti
Repórter do “Corriere dello Sport”

O que Galliani diz não é definitivo. É difícil garantir que Adriano Galliani tenha falado ou não a verdade a respeito de Ronaldinho Gaúcho. Não há uma regra nesse caso. Algumas vezes, ele diz a verdade. Em outras, não. Tudo isso acontece de acordo com os seus interesses.

Aliás, isso é uma prática comum entre os dirigentes italianos. Pode-se acreditar em algo apenas quando está no papel ou há muitas fontes confirmando a mesma coisa. Nos demais casos, não há certeza de nada.

Sobre Ronaldinho, seu futuro está completamente indefinido. Ao mesmo tempo em que diz que conta com o brasileiro, Galliani sabe que as contas do Milan não estão nas melhores das condições. Pode-se esperar tudo.


Por: lancepress

Empresário confirma que David só será regularizado com pagamento

Eduardo Uram diz que contrato do zagueiro já foi assinado, mas que Panathinaikos só irá liberar documentação para ele jogar quando Fla pagar


Cerca de R$ 800 mil separam David do seu retorno aos gramados. O Panathinaikos já avisou ao Flamengo que só enviará a documentação necessária para regularizar o zagueiro na CBF quando for pago por toda a operação. O empresário do jogador, Eduardo Uram, confirmou a informação, mas disse o acordo entre os clubes não está ameaçado. De qualquer maneira, dificilmente ele terá condições de enfrentar o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada.

Segundo Uram, os gregos já rescindiram o contrato com David, que assinará por quatro anos. O Flamengo deve ficar com cerca de 60% dos seus direitos, enquanto o Panathinaikos terá a outra parte.

- Está tudo certo entre os clubes e a documentação já foi toda assinada. Mas para o David ter condições de jogar o Panathinaikos exige o pagamento – disse Eduardo Uram, sem confirmar valores.

O GLOBOESPORTE.COM apurou que a operação custará cerca de R$ 800 mil ao Flamengo, que até agora não explicou como e quando pagará pela aquisição de David. O vice de finanças rubro-negro, Michel Levy, não atendeu aos telefonemas nos últimos dias para falar sobre o assunto.

Se David não enfrentar o Atlético-GO, o seu provável substituto é Welinton, que enfrentou o Botafogo, na última quarta-feira, no Maracanã.

Por: globoesporte.com

Regularizado, Correa disputa coletivo e pode estrear no próximo domingo

Reservas e jogadores que disputaram poucos minutos do jogo contra Botafogo são observados por Rogério Lourenço na Gávea


Na chuvosa tarde desta quinta-feira, Rogério Lourenço comandou um coletivo, na Gávea, com jogadores que não enfrentaram o Botafogo, na última quarta-feira, ou ficaram poucos minutos em campo. Com isso, Paulo Sérgio e Cristian Borja formaram a dupla de ataque do time titular. Rogério Lourenço fez algumas observações para enfrentar o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada. A principal delas é com relação a Correa, que já está regularizado. O volante tem vínculo com o Dínamo de Kiev, mas seu empréstimo foi efetuado pelo Atlético-MG, caracterizando uma transferência nacional.

O nome de Correa apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF na tarde desta quinta-feira, com vínculo até 15 de junho de 2011. Com isso, ele deve ser titular domingo, entrando no lugar que foi ocupado por Rômulo. No coletivo comandado por Rogério, ele atuou nesta função de primeiro homem de meio de campo. O time treinou com Vinícius, Everton Silva, David, Fabrício e Rodrigo Alvim; Correa, Fernando, Fierro e Michael; Paulo Sérgio e Cristian Borja.

Dois reforços para o ataque foram observados no time reserva, que treinou com Paulo Victor, Rafael Galhardo, Jean, Christianno e Jorbison; Lenon, Léo Medeiros Camacho e Saba; Val Baiano e Marquinhos.

Enquanto o coletivo aconteceu, os titulares que enfrentaram o Botafogo fizeram um rápido trabalho regenerativo. Quem apareceu na Gávea após o empréstimo para o Apollon Limasol, do Chipre, foi o zagueiro Thiago Sales, que deve treinar com o grupo até ser emprestado novamente para outro clube.

Por: globoesporte.com

Sem pressa, Lomba sonha com a 1: 'Quando eu pegar, não quero largar'

Goleiro comemora boa atuação no primeiro jogo como substituto de Bruno


A ansiedade de Marcelo Lomba para a o clássico com o Botafogo, na última quarta, era a mesma da torcida do Flamengo para ver como o goleiro, de 23 anos, se sairia no primeiro jogo como substituto de Bruno. E o novo arqueiro titular fez bonito com uma atuação segura, com defesas difíceis, e ajudou o Rubro-Negro a vencer por 1 a 0.

Apesar de aprovado na primeira prova, Lomba não quer pressa para vestir a camisa 1. Por enquanto, ele não se incomoda de seguir com a 29, que até agora tem dado sorte, já que não sofreu gol nos três jogos que atuou neste ano. Ele afirmou que, quando utilizar o número que tradicionalmente pertence aos titulares, não pretende largar mais.

- Esperei tanto por este momento que não vou ser afoito. Claro que meu objetivo é vestir a camisa 1, mas, quando eu pegar, não quero largar mais. O objetivo é me manter no time pelo campeonato inteiro. É um sonho realizado, mas é só o início. Defendo 40 milhões de torcedores e é só o início da caminhada. Tenho que mostrar meu trabalho jogo a jogo - disse o jogador.

Marcelo Lomba dividiu os méritos de não ter levado gol contra o Botafogo com o restante do sistema defensivo.

- A defesa esteve muito bem e tem que ser elogiada. Me pouparam de muito trabalho.

O arqueiro contou que a primeira boa defesa que fez, em uma falta cobrada por Lucio Flavio, lhe deu mais confiança na partida.

- Lembrei do jogo da Libertadores que eu participei, quando também fiz uma boa defesa na primeira bola. Tem um ditado que diz que quanto mais de trabalha mais sorte se tem.

Lomba tem bons espelhos para seguir na carreira, como o tetracampeão Taffarel e o ex-flamenguista Júlio Cesar, considerado por ele o melhor atualmente.

- Quando eu era criança, via o Taffarel agarrar e gostava da simplicidade e do posicionamento dele. Além dele, tenho como espelho o Júlio Cesar, que é rubro-negro e atualmente o melhor goleiro do mundo.

Sobre Bruno, seu ex-companheiro, ele disse que, dentro de campo, também aprendeu algumas coisas.

- O Bruno é um goleiro vitorioso. As principais coisas que admiro nele são a reposição de bola e a saída de gol.

Por: globoesporte.com

Fla libera e Fierro acerta transferência para o Boca Juniors

Apoiador chileno será emprestado por um ano ao clube argentino, que pagará cerca de R$ 300 mil pela operação


O Flamengo acertou, na noite desta quinta-feira, o empréstimo de Fierro ao Boca Juniors, da Argentina. Após o treino desta tarde, Zico se reuniu com o apoiador chileno, em sua sala na Gávea, e praticamente sacramentou a transferência por um período de um ano, com o clube argentino pagando cerca de R$ 300 mil aos rubro-negros.

Fierro, que já havia declarado à imprensa argentina a sua vontade de jogar pelo Boca Junior, deve viajar nos próximos dias para Buenos Aires. Ainda é preciso, porém, definir algumas últimas questões do empréstimo. O apoiador, que tem contrato com o Flamengo até julho de 2012, era bem visto pelo técnico Rogério Lourenço. Mas a sua vontade e o entendimento financeiro entre todas as partes acabou prevalecendo. Existia a possibilidade de a diretoria rubro-negra tentar uma troca por outro jogador ligado ao Boca, mas a ideia não foi levada adiante.

Depois da reunião com Fierro, Zico se reuniu com a presidente Patrícia Amorim e o vice de finanças Michel Levy, na Gávea, para acertar esta e outras questões. Após deixar o clube, Zico atendeu a ligação do GLOBOESPORTE.COM e explicou a operação.

- Fierro não tem sido utilizado, é um jogador que custou caro ao Flamengo e é lógico que ele prefere uma oportunidade nova. Mas desde que o Flamengo não tenha perdas. Então conversamos, chegamos a um acordo, e estamos emprestando ele por um ano. É uma operação boa para todo mundo. Se o clube (Boca Juniors) quiser comprá-lo ao fim do empréstimo, pagará o mesmo valor que o Flamengo pagou por ele - explicou Zico.

Contratado em 2008 junto ao Colo Colo, Fierro custou cerca de US$ 2,5 milhões (cerca de R$ 4,5 milhões) ao Flamengo. Na época, a Traffic pagou toda a operação. Para quitar esta dívida, o clube acabou tendo de ceder boa parte dos direitos de alguns jogadores rubro-negros, como Fabrício e o próprio apoiador chileno.

Depois de ter disputado a Copa do Mundo na África do Sul, Fierro retornou à Gávea na última semana. Ele chegou a ser relacionado contra o Botafogo, na última quarta-feira, no Maracanã, mas ficou apenas no banco de reservas. O Boca Juniors será o terceiro clube na carreira do apoiador chileno, que só havia jogado pelo Colo Colo, do Chile, e pelo Flamengo.

Por: globoesporte.com

'O time jogou com raça. O que faz a diferença é essa vontade', elogia Zico

Em seu site oficial, dirigente comenta a emoção da vitória no recomeço


Logo depois da vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, sua primeira como dirigente, Zico deu entrevista ao seu site oficial comentando a emoção de voltar ao Maracanã em um clássico. O eterno ídolo rubro-negro comemorou o bom recomeço.

- Foi uma emoção muito grande voltar ao Maracanã dando início a um trabalho no Flamengo. E começamos bem, com uma vitória importante contra um adversário difícil. O time jogou com a raça que nós queremos ver em todas as partidas e todos os jogadores estão de parabéns - analisou.

Os principais reforços contratados pelo dirigente - Renato Abreu e Val Baiano - só poderão estrear no dia 8 de agosto, contra o Corinthians. Zico espera que as partidas contra Atlético-GO, Avaí, Inter e Vasco sirvam para que os mais novos mostrem valor.

- Bom que o gol saiu do Paulo Sérgio, um menino formado na base e que sempre foi artilheiro. O campeonato é muito nivelado e o que faz a diferença é essa vontade. A torcida precisa continuar apoiando esses jovens, pois o time ainda vai melhorar muito - completou.

Por: globoesporte.com

Cartola do Milan descarta união entre Ronaldinho e Fla: 'Hipótese absurda'

Adriano Galliani, vice-presidente do clube italiano, garante que o Gaúcho vai permanecer por mais uma temporada (até o fim do contrato)



O sonho rubro-negro em contratar Ronaldinho Gaúcho sofreu um duro golpe nesta quinta-feira. Adriano Galliani, vice-presidente do Milan, falou com a imprensa italiana quando chegava à sede da Lega Calcio para uma reunião. O dirigente negou qualquer contato do clube carioca e rotulou o assunto como absurdo.

- Flamengo? Nunca deu sinal de vida. Não levo em consideração hipóteses absurdas. Ronaldinho é do Milan e jogará a próxima temporada no Milan - disse o cartola.

O craque dentuço tem apenas mais um ano de contrato com o rossonero e, em meados de 2011, poderá deixar o clube a custo zero. Galliani, entretanto, tratou de desmentir o que foi noticiado pela imprensa italiana nos últimos dias, dando conta de que uma cláusula no contrato do brasileiro abriria a possibilidade uma saída antes do fim do compromisso.

- Ronaldinho está chegando à Itália com seu irmão. Não houve qualquer pedido dele para sair e também não há qualquer proposta. Ele tem contrato com o Milan, e não há nele uma cláusula fantasiosa como a que li nos jornais - acrescentou.



De férias no Rio de Janeiro, Ronaldinho chegou a se encontrar com a presidente do Flamengo, Patrícia Amorim, para falar sobre uma possível transferência para a Gávea. O jogador gostou da proposta salarial rubro-negra e chegou a aceitá-la. Contudo, era preciso liberação do Milan, o que, pelas palavras de Adriano Galliani, dificilmente vai acontecer.

Outras negociações do Milan

O vice-presidente do milanista comentou também outros rumores de mercado. O cartola negou que o Milan esteja negociando a contratação do atacante Dzeko, do Wolfsburg, mas confirmou que o rossonero já mexe os pauzinhos para fechar com o meia grego Sokratis Papastathopoulos, da Fiorentina.

- A negociação está em curso, mas ainda não foi finalizada. Quando acaba? Veremos, não me arrisco a dizer.

Por: globoesporte.com

Rogério mantém serenidade ao comentar atuação de Paulo Sérgio

Gol que garantiu a vitória contra o Botafogo rende elogios, cartão amarelo e algumas recomendações do treinador ao atacante

O gol de Paulo Sérgio não veio acompanhado apenas de uma comemoração efusiva. O cartão amarelo por ter tirado a camisa rendeu comentários de Rogério Lourenço, que não restringiu seu discurso apenas aos tradicionais elogios ao autor do gol que deu a vitória ao Flamengo sobre o Botafogo, na última quarta-feira, no Maracanã. Sem tirar os méritos do atacante, o técnico deu a entender que não mudará sua maneira de pensar por conta da atuação dele no clássico. Ao contrário, ele quer que tudo que aconteceu sirva de lição para o próprio jogador.

Rogério ressaltou que Paulo Sérgio, que estava parado há seis meses e praticamente só foi reintegrado ao grupo por conta da saída dos atacantes do primeiro semestre (Adriano, Vagner Love, Denis Marques, Bruno Mezenga e Gil), precisa entender que o gol não pode causar um fascínio excessivo. Por isso, o comandante optou por mesclar uma resposta com adjetivos e recomendações comportamentais quando foi perguntado sobre o aproveitamento futuro do atacante, inclusive contra o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada.

- Nós ficamos felizes pela estrela dele ter brilhado. É um jogador criado no Flamengo e conheço todos eles (jogadores da base) há muito tempo. Ele sempre foi um garoto com talento para fazer gols. Então esperamos que ele possa continuar trabalhando, sabendo o potencial que tem. Mas não é apenas um jogo... Às vezes, eles se perdem em um momento da carreira. Precisam saber que ela é longa. Tem de ter cabeça boa para aproveitar o momento sem deslumbramento ou achando que é o melhor. Domingo tem jogo de novo e se ele não fizer o mesmo vai ser cobrado. É assim que funciona – afirmou Rogério.

Outro fato envolvendo Paulo Sérgio foi comentado pelo treinador após o clássico. Perguntado sobre qual é a reação ao ver que o autor do gol está comemorando tirando a camisa quando todo mundo sabe que isso resulta em cartão amarelo, ele evitou fazer qualquer tipo de julgamento e mostrou-se tolerante. Até por reconhecer o significado para o atacante de um gol em um clássico após tanto tempo sem oportunidades. Mas também fez suas ressalvas. Uma delas citando a final da Copa do Mundo entre Espanha e Holanda.

- O Iniesta fez o gol da final e fez algo (tirou a camisa da Espanha e mostrou uma mensagem na que outra que ele vestia por baixo) que a Fifa é contra... O gol é um momento... O jogador tem de estar consciente de que tem questões que podem prejudicar a equipe. Mas aquele é um momento de extravasar. Nós entendemos, mas vamos adverti-lo quanto a isso... O jogador não pode tomar cartão. Mas só o jogador que passou por isso (marcar um gol significativo) pode explicar essa sensação – disse Rogério.

Por: globoesporte.com

Christianno é exemplo da base do Flamengo

Capitão dos juniores é o modelo de jogador que Zico quer ver, após polêmicas, como a de Bruno


O inegável desgaste da imagem do Flamengo com a prisão do goleiro Bruno levou o diretor executivo de futebol, Zico, a fazer duras críticas aos problemas de ordem comportamental ocorridos nas categorias de base. Citado como exemplo pelos dirigentes, o zagueiro Christianno Andrey, capitão dos juniores, vem se destacando e as atuações dele acabaram rendendo uma convocação para a Seleção Brasileira sub-19, que se apresentará no próximo dia 23 para disputar o Torneio Internacional, no Paraguai.

Feliz com o passo dado na carreira, o jovem, de 18 anos, lamentou os recentes episódios na base. Em um deles, o atacante Vinícius Paquetá chegou a ficar nu na concentração para pagar uma aposta.

– Tivemos contato com o Zico. Acho que ele está certíssimo em pedir uma mudança de postura e um maior respeito com o Flamengo. Ficamos chateados com tudo o que aconteceu. É muito importante ter a cabeça no lugar para conseguir uma carreira sólida no futebol – afirmou.

Nesta quarta-feira, o LANCE! conversou com Christianno momentos depois de ele e a esposa, Daniela, terem se casado em um cartório na Barra da Tijuca. O jovem casal já tem até um filho, Enzo Andrey, de 1 mês e 4 dias.

– A chegada do meu filho mudou muito a minha cabeça. Já me considerava maduro, mas hoje tudo é diferente. Essa estrutura é importantíssima, saber as suas responsabilidades e a função que você tem em casa e no clube – disse.

Morador de Vargem Grande, Christianno está a 15 minutos de distância do CT Ninho do Urubu. Mesmo casado, ele ainda mora com a mãe e, com o apoio da família, espera conseguir o objetivo de chegar aos profissionais do Flamengo até o fim desta temporada.

Com a palavra: Zico, diretor executivo do Flamengo

Os jovens precisam de oportunidade

A base do Flamengo está cheia de problemas e não vou esconder isso da torcida. São problemas de ordem comportamental. Problema de garoto ficar nu dentro da concentração e achar que está tudo bem, está ótimo, e que nada vai acontecer com ele.

Fala-se muito em renovação do clube, mas os jovens precisam de confiança e oportunidade. Temos de saber utilizá-los da melhor forma possível no Flamengo.

Quem é:

Nome: Christianno Andrey
Nascimento: 29/10/1991, no Rio de Janeiro (RJ)
Altura e peso: 1,84 e 77 KG
Posição: zagueiro
A carreira: Desde os 6 anos na Gávea, Christianno é considerado um zagueiro técnico e líder no clube. Foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira sub-19

Por: Vinicius Castro

Lomba ainda não quer assumir a camisa quer era do goleiro Bruno

Durante o clássico, Marcelo Lomba usa camisa 29



Durante a partida contra o Botafogo, nesta quarta-feira, Marcelo Lomba foi importantíssimo para garantir mais três pontos para o Flamengo. Além da atuação segura, outro fato chamou atenção no novo goleiro rubro-negro. Apesar de Bruno não ser mais goleiro do Flamengo, Lomba preferiu usar a camisa número 29.

- Ainda não quero usar a camisa que era do Bruno. Ainda não é hora. Quem sabe daqui há um mês? Vamos esperar as coisas se acalmarem, depois penso em assumir a camisa 1 - afirmou.

Após o jogo, ele também lembrou a importância desta vitória para valorizar ainda mais o elenco atual, mesmo sem os reforços que ainda estão regularizados.

- Durante a partida, jogamos bem e merecíamos a vitória. Isso só mostra que nosso grupo é bom e que temos muita qualidade. Com trabalho sério, temos qualidade e competência para brigarmos pelo Campeonato Brasileiro - concluiu.

Por: lancepress

Após vitória no clássico, jogadores querem um "novo Flamengo"

A vitória por 1 a 0 no clássico contra o Botafogo, na primeira rodada após o recesso do Campeonato Brasileiro durante a Copa do Mundo, serve para que a torcida flamenguista comece a esquecer o "Caso Bruno" e a campanha irregular do primeiro semestre e volte a acreditar na equipe rubro-negra na briga pelo título nacional. É nisso que acreditam os comandados de Rogério Lourenço.

"Tudo que aconteceu está ficando para trás. Aqueles sete primeiro jogos também já passaram. Vencer um clássico sempre dá confiança. É o novo Flamengo", disse o lateral direito Leo Moura, após a partida no Maracanã.

Quem também comemorou o bom resultado na reestreia da equipe foi o sérvio Petkovic, um dos destaques da campanha do título em 2009, que não brilhou durante os primeiros meses do ano. "Retornamos bem, com o pé direito. Espero que possamos dar continuidade ao longo da competição", disse ele.

O zagueiro Ronaldo Angelim, um dos principais líderes do grupo, também destacou a magnitude da partida vencida pela equipe.

"O resultado foi muito bom. Sabemos que clássico é sempre difícil e pode dar qualquer resultado, então a equipe está de parabéns", disse ele, que espera que a equipe mantenha o ritmo para que os torcedores voltem a comparecer em grande número. Nesta quarta-feira, pouco mais de 20 mil pessoas estiveram no Maracanã.

"A torcida do Flamengo é muito grande. Quem torce para o Flamengo não abandona o time. É só conseguirmos os bons resultados para que eles voltem a comparecer", finalizou.

Na próxima rodada, os atuais campeões brasileiros encaram o Atlético-GO, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. O jogo será realizado no próximo domingo, às 16 horas (de Brasília).

Por: Gazeta Esportiva

Marcelo Lomba diz que o Flamengo tem um time de guerreiro e de homens

O Flamengo entrou em campo com um clima muito conturbado por causa dos problemas envolvendo Bruno. Em cima disso, muitos imaginavam que a equipe seria derrotada pelo Botafogo. Porém, o Rubro-Negro venceu por a 1 a 0 e o goleiro Marcelo Lomba, novo titular da posição, resumiu o sentimento de todos os jogadores.

“Provamos que temos um time de guerreiro e de homens. Acima de tudo, provamos que temos um grande valor. Os atacantes do Botafogo não me deram trabalho, pois os nossos jogadores ajudaram muito. O último mês foi difícil, mas temos gente experiente e um grupo bom”, avisou.

Sem Bruno, Marcelo Lomba ganhou a vaga de titular, mas ainda atua com a camisa 29. Sem pressa, o goleiro ainda não quer adotar o 1 nas costas e quer, primeiro, ver a “poeira baixar” no Flamengo.

“Vamos esperar um pouco. Ainda não sei o que eu vou fazer, talvez deixe passar um mês. Quero ter uma sequência de jogos e, depois que já estiver melhor, com certeza adotarei a camisa número 1”, afirmou.

Com o resultado, o Flamengo chegou aos 12 pontos. Marcelo Lomba terá mais uma chance de mostrar seu valor de goleiro no próximo domingo, quando o time vai ao Serra Dourada encarar o Atlético-GO, às 16h.

Por: uol esportes

Pet lembra os problemas do Fla fora de campo e ressalta vitória no clássico

Na primeira partida como referência máxima do Flamengo neste ano, após as saídas de Vagner Love e Adriano, além do problema envolvendo o goleiro Bruno, Petkovic mostrou a desenvoltura da última temporada e ajudou o Rubro-Negro na vitória sobre o Botafogo por 1 a 0, no Maracanã.

Com passes importantes, inclusive no lance que gerou o gol de Paulo Sérgio, o sérvio dominou o meio de campo. Segundo Petkovic, a partida foi importante para esfriar o clima na Gávea.

“Esta partida significa muito para gente e precisávamos desta vitória. Ela foi muito importante, pois ganhamos do campeão estadual. Temos de dar continuidade no campeonato e com os nossos jogadores”, disse, complementando.

No Flamengo sempre tem sofrimento. Mas tudo o que clube conquistou em sua longa história foi dentro dos gramados e não fora dele. Temos de dar continuidade ao nosso trabalho”, agregou.

Com a vitória sobre o rival carioca, o Flamengo chegou aos 12 pontos.Na próxima rodada, o time de Rogério Lourenço vai ao Serra Dourada encarar o Atlético-GO, neste domingo, às 16h.

Por: uol esportes

Rogério Lourenço: ‘É bom ver o Pet motivado novamente’

Após ver o sérvio disputar quase os 90 minutos do clássico com o Botafogo, treinador comemora fim do abatimento do camisa 10

Um dos principais comentários que vêm sendo feitos sobre Petkovic ultimamente é com relação ao fato dele não aguentar jogar em alto nível os 90 minutos de uma partida. Talvez por isso Rogério Lourenço resolveu destacar o fato de o sérvio ter participado de quase todo o jogo contra o Botafogo, na última quarta-feira, no Maracanã. O treinador, porém, não restringiu suas considerações positivas sobre o camisa 10 à sua atuação no clássico, mas principalmente à mudança de sua postura com relação ao que observou no primeiro semestre.

Rogério deixou claro que Pet vem demonstrando uma novo comportamento no Flamengo com a chegada de uma nova comissão técnica. E deu a entender que um dos motivos para isso estar acontecendo passa pela contratação do preparador físico Toninho Oliveira, que já havia trabalhado com o sérvio em outras duas oportunidades (uma delas na Gávea, entre 2000 e 2001).

- Nada contra as pessoas ou aos ótimos profissionais que estavam aqui. Mas eu via o Pet um pouco abatido. Eu estava conversando com o Toninho sobre ele... O Pet participou de todos os treinos da intertemporada em Itu. Mesmo tendo 38 anos ele continua tendo a dinâmica de jogo dele, apesar de a velocidade não ser a mesma... Então para nós não é surpresa ele ter jogado bem quase os 90 minutos (contra o Botafogo). Essa motivação mudou de um tempo para cá e ficamos felizes por isso. Ele tem um talento espetacular e é bom ver o Pet motivado novamente – afirmou Rogério.

Petkovic foi o responsável pelo belo passe que iniciou a jogada que resultou na vitória contra o Botafogo. O sérvio foi substituído no fim do segundo tempo pelo zagueiro Fabrício e foi aplaudido pelos rubro-negros que foram ao Maracanã.

Por: globoesporte.com

Por falta de regularização, David não deve enfrentar o Atlético-GO

Além de Correa, Cristian Borja está nos planos de Rogério para este jogo. Marquinhos pode ser poupado para aprimorar a parte física


Ainda não deve ser contra o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada, que Rogério Lourenço contará com o retorno de David. São grandes as chances de o zagueiro não ser inscrito no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF a tempo de viajar com o grupo para Goiana, na noite de sexta-feira. Em compensação, o treinador deve contar com dois reforços para este jogo: Correa, que deve ter a sua situação resolvida nesta quinta-feira, e Cristian Borja, que já foi regularizado e apresenta boas condições físicas.

Como o atacante colombiano teve seu nome publicado no BID na última quarta-feira e foi bem nos teste físicos, Rogério Lourenço já dá praticamente como certa a sua utilização, ainda que no segundo tempo, contra o Atlético-GO. Mas o mesmo não acontece com Marquinhos. Além de ainda não estar inscrito, o meia-atacante demonstrou, nas avaliações da comissão técnica, que precisa de mais dias de treino para jogar.

- O Marquinhos estava parada há quase um mês. Então ainda precisa de um trabalho... Vamos ver. Já o Cristian Borja vinha treinando no Caxias e devo levá-lo para o próximo jogo – explicou Rogério Lourenço.

Apesar de estar otimista em ter mais opções para enfrentar o Atlético-GO, o treinador ainda depende da regularização de David e Correa para armar seu time titular. Mas o zagueiro corre o risco de não ter sua situação resolvida a tempo. O GLOBOESPORTE.COM apurou que a sua documentação não deve ser enviada pelo Panathinaikos enquanto a diretoria rubro-negra não pagar a operação (cerca de R$ 700 mil) pela compra de mais da metade dos direitos econômicos do jogador, que ainda não rescindiu oficialmente o contrato com o clube grego. Por enquanto, os gregos só autorizaram ele a treinar com o Flamengo. Se ele não tiver condições de jogo seu provável substituto é Welinton, que foi o escolhido do treinador contra o Botafogo, na última quarta-feira.

Já a situação de Correa é mais simples. Apesar de não ter sido regularizado nos últimos dias, espera-se na Gávea que o volante tenha seu nome publicado no BID nesta quinta-feira. O Flamengo já pagou os cerca de R$ 360 mil pelo seu empréstimo de um ano junto ao Dínamo de Kiev, que já autorizou o Atlético-MG, último clube do jogador, enviar a documentação para o Rio de Janeiro.

- Pelo o que me passaram, tanto o Correa como o David terão condições de jogo no domingo. Vamos aguardar para ter certeza – disse Rogério Lourenço.

O Flamengo viaja para Goiana na próxima sexta-feira, após o treino à tarde na Gávea. No sábado, o time treina de portões fechados, e no domingo enfrenta o Atlético-GO, às 16h (horário de Brasília), no Serra Dourada.

Por: globoesporte.com

Iluminado contra o Bota, Paulo Sergio sorri após meses de solidão

Primeiro gol como profissional foi contra o Alvinegro. Atacante passou todo o primeiro semestre treinando longe dos profissionais

Logo que chegou ao vestiário após a vitória por 1 a 0, Paulo Sergio foi recebido com tapinhas nas costas e a frase: “Você é iluminado contra o Botafogo”. Talvez pouca gente saiba, mas o primeiro gol do atacante como profissional foi justamente contra este rival.

- Falaram que sou iluminado contra o Botafogo. Mas isso é fruto do trabalho de todos os meus companheiros. Esse gol vem em boa hora e estou muito feliz por isso – disse o herói.

Em 27 de maio de 2007, também pelo Campeonato Brasileiro, o jovem de 17 anos marcou de carrinho no empate por 1 a 1. Ele tinha fama de grande promessa.

Três anos depois, Paulo ainda não conseguiu confirmar a expectativa. Até pouco tempo, treinava com os juniores no Ninho do Urubu e não tinha qualquer perspectiva de entrar em campo.

- Pediram para eu treinar com os juniores em Vargem Grande. Ninguém falou por quê. Mas cumpro ordens, fui e aguentei. Foi até bom ficar esse tempo lá.

Por: globoesporte.com

Rogério: ‘Vitória foi importante para autoestima de todos os rubro-negros’

Treinador reconhece que time precisa melhorar e faz um tímido desabafo sobre o significado de um resultado positivo após episódio com Bruno

A prisão de Bruno deixou muitos torcedores rubro-negros decepcionados e trouxe um enorme desconforto ao Flamengo. Por isso, a vitória sobre o Botafogo, nesta quarta-feira, no Maracanã, serviu para amenizar tudo que os jogadores, comissão técnica e diretoria passaram nos últimos dias. Depois de evitar qualquer comentário envolvendo o episódio com o goleiro, Rogério Lourenço desabafou diante de um resultado que muita gente considerava difícil.

- Passamos um período de dificuldades com um assunto extracampo. Sabemos que no futebol o único lugar para dar qualquer resposta é dentro de campo. Não entramos contra o Botafogo com esse pensamento, mas existia essa preocupação em querer superar tudo isso para conseguir a vitória. O torcedor está voltando para casa ou indo dormir tranquilo porque o Flamengo voltou a vencer - disse Rogério.

Logo em seguida, o treinador reconheceu que conseguiu ver muitos aspectos positivos na atuação rubro-negra, p rincipalmente pela superação da garotada da base. Mas ele também admitiu falhas.

- Tivemos alguns problemas, mas como um todo o Flamengo foi bem. Uma vitória num jogo como esse é importante para elevar o moral de uma equipe com muitos jogadores jovens. Ficamos felizes com o amadurecimento desses jogadores. Mas não podemos achar que está tudo certo. Não está e vamos continuar trabalhando – disse Rogério.

Por: globoesporte.com

Após vitória contra o Botafogo, Zico volta a pedir voto de confiança

No seu reencontro com o Fla e o Maracanã, diretor-executivo defende a base e constata: “Torcer é mais complicado do que jogar”

Nos rápidos comentários sobre a vitória sobre o Botafogo por 1 a 0, nesta quarta-feira, no Maracanã, Zico voltou a defender as divisões de base do Flamengo. Atencioso a cada pedido de foto e autógrafo no caminho entre as cabines, onde assistiu ao jogo, e o vestiário, o diretor-executivo caminhou com um semblante aliviado e feliz.

A explicação para isso veio logo em seguida. Afinal, boa parte do time titular que disputou o clássico foi formada por jogadores revelados pelo clube. E também pelo fato de o gol ter sido marcado por Paulo Sérgio, um desses garotos. Por isso, ele comemorou o resultado pedindo, mais uma vez, um voto de confiança.

- Foi ótimo o resultado. Conseguimos os três pontos. Foi bom para todo mundo e para ele (Paulo Sérgio) também. Volto a dizer: acreditem neles (garotos da base) e no nosso trabalho.

Esse foi seu primeiro jogo como diretor-executivo do Flamengo. Por isso, foi uma nova sensação estar no vestiário com os jogadores antes do jogo e voltar a respirar os ares do Maracanã, agora como dirigente.

- É um pouco diferente, mas torcer é mais complicado do que jogar. É bom poder estar colaborando – disse Zico com um sorriso no rosto.

O Flamengo volta a campo contra o Atlético-GO, domingo, no Serra Dourada, às 16h (de Brasília).

Por: globoesporte.com

Após crise extracampo, Fla reage e supera o Botafogo no Maracanã

Gol de Paulo Sergio ajuda clube a recuperar moral após prisão de Bruno. 'Travado', Alvinegro segue mal na tabela do Brasileiro

“O Flamengo precisa de boas notícias”. A frase da presidente Patrícia Amorim teve repercussão nos jogadores na noite desta quarta-feira. Em jogo de muita aplicação e uma pitada de talento de Petkovic, o Rubro-Negro superou o favoritismo do Botafogo e venceu por 1 a 0, no Maracanã. O gol da vitória foi de Paulo Sergio, no segundo tempo, após excelente passe do sérvio.

A vitória devolve um pouco da alegria perdida na Gávea após a prisão do goleiro Bruno. Nos dias que antecederam o jogo, tanto Patrícia quanto o diretor-executivo Zico ressaltaram a necessidade de vitória para desviar o noticiário das páginas policiais. Foram atendidos.

- Temos que começar a escrever uma nova história. É um novo Flamengo - disse o novo capitão, Léo Moura.

Do outro lado, o excesso de tranquilidade durante a Copa do Mundo acabou sendo prejudicial para o Alvinegro. Durante quase todos os 90 minutos, o time enrolou-se no ataque e desperdiçou as poucas chances que criou. A vitória coloca o Flamengo com 12 pontos, na rota do G-4. O Botafogo segue parado nos nove e segue seu longo jejum sem bater o rival em Brasileiros. A última vez foi em 2000, por 3 a 1, gols de Donizete, Sandro e Dênis. Pet descontou

A volta ao Maracanã, no contexto geral, poderia ser melhor. Noite chuvosa, pouco público, gramado aparentemente ruim – mesmo após longo período sem jogos – e por todos os lados a lembrança da prisão de Bruno. Os alvinegros, obviamente, aproveitaram para criar músicas irônicas e tripudiar da situação. Os rubro-negros só se manifestaram para incentivar o substituto dele, Marcelo Lomba, que fez boa partida.



Antes dos dez minutos, Welinton, afobado, fez duas faltas na entrada da área. Na primeira, Lucio Flavio acertou a barreira. Na segunda, Marcelo Lomba saltou no canto esquerdo e espalmou.

O time desmantelado e o ataque jovem pesaram para as dificuldades do Flamengo nos minutos iniciais. Mas aos poucos o nervosismo passou. Diego Maurício caprichou no visual, colocou tranças dread e conseguiu acertar a primeira jogada aos 19. Ele tabelou com Vinícius Pacheco dentro da área, mas o companheiro precipitou o chute e mandou para fora.

A dupla fez outra boa jogada aos 22 e Vinícius, desta vez como pé esquerdo, chutou forte. Jefferson espalmou para escanteio. O Botafogo recorreu aos contra-ataques. Marcelo Cordeiro fez ótimo lançamento aos 27, Juan cochilou e Alessandro entrou livre na área. O lateral do Flamengo se recuperou e conseguiu atrapalhar o chute.

Por causa de toda a situação que precedeu a partida, o Rubro-Negro, surpreendentemente, dominou boa parte do primeiro tempo. Aos 34, Kleberson cruzou rasteiro e Petkovic chutou rente ao ângulo esquerdo.

Na última chance antes do primeiro tempo, o Botafogo armou um bom ataque. O Alvinegro aproveitou uma falta dentro da sua própria área e cobrou com rapidez. Caio, aparentemente um pouco à frente da linha da bola, recebeu livre e não abriu o placar por pouco. O chute saiu rasteiro, à direita de Marcelo Lomba.

Paulo Sérgio decide o clássico


O Botafogo voltou com Edno no lugar de Sandro Silva, que errou tudo o que tentou no primeiro tempo. Mas a primeira boa chance foi do Flamengo. Diego Maurício fez jogada individual e chutou forte. Jefferson espalmou. A resposta do Botafogo veio com Herrera. Ele chutou forte da entrada da área, e Lomba fez como manda o manual do goleiro: espalmou para o lado.

Aos 20 minutos, Jobson entrou na vaga de Caio. Foi a volta do atacante ao futebol após seis meses de suspensão por consumo de crack. Na primeira jogada, ele jogou a bola entre as pernas de Welinton. A torcida delirou (assista ao lado).

Mas o grito mais forte saiu do lado rubro-negro. Petkovic fez ótimo passe para Vinícius Pacheco, o apoiador cruzou rasteiro e Paulo Sergio, meio sem jeito, empurrou para o gol. Na comemoração, o atacante tirou a camisa e mandou corações para a torcida rubro-negra.

O Botafogo, com dificuldades na armação de jogadas, tentou pressionar, mas foi barrado pelo sólido sistema defensivo rubro-negro. No único lance de perigo, aos 47, Herrera chutou forte de dentro da área, mas isolou.



Por: globoesporte.com

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Alvos do Flamengo vivem situações distintas na Europa

Pela situação no Fenerbahce, contratação de Deivid é a mais viável


Alvos do Flamengo, o goleiro Diego Cavalieri e os atacantes Diogo e Deivid vivem situações distintas na Europa. De comum entre os artilheiros somente o conhecimento do diretor executivo do clube, Zico, que trabalhou com os dois jogadores em sua passagem pelo Olympiacos (GRE) e Fenerbahçe (TUR), respectivamente. Aliás, a contratação de um atacante de Seleção Brasileira já foi comentado pelo dirigente.

A contratação de Deivid, ex-atacante de Santos, Corinthians e Cruzeiro, parece ser a mais viável pelo momento que vive na Turquia. Pelas constantes troca de treinadores do Fenerbahçe (TUR), o jogador vive situação inconstante e não é titular do time. Diferentemente de Diogo. Revelado pela Portuguesa (SP), o jovem atacante goza de prestígio com os dirigentes russos, que já dificultaram a negociação com o São Paulo no início do ano.

Com o desligamento de Bruno surgiu informações de que os dirigentes estariam à procura de um novo goleiro. Um destes seria Diego Cavalieri, ex-Palmeiras e atualmente no Liverpool (ING). No entanto, são pequenas as possibilidades de viabilizar o negócio.

Confira as situações dos jogadores:

Deivid

No Fenerbahçe (TUR) desde 2006, Deivid não é titular absoluto do técnico Aykut Kocaman, mas é a primeira opção do ataque. Para trazer o atacante, o Flamengo conta com o diretor executivo Zico, que trabalhou com ele por dois anos na Turquia. Outro ponto a favor do Flamengo é a instabilidade do jogador no time, que trocou várias vezes a comissão técnica nas últimas temporadas. Caso seja concretizado o negócio, o Rubro-Negro terá um jogador bem preparado para a disputa do Campeonato Brasileiro, já que Deivid participou do período de preparação de três semanas com o elenco do Fenerbahçe. Ele tem contrato com o clube até 2012.


Diogo

No o Olympiacos (GRE) desde 2008, é outro que trabalhou com Zico, último clube que trabalho como técnico. Diogo é titular do clube grego e vem de boas temporadas na Europa. Teve seu nome especulado no São Paulo e Palmeiras, mas o alto salário é o grande impecilho para negociar com o jogador. Sua contratação é considerada complicada, pois o Olympiakos comprou o jogador da Portuguesa (SP) por 24 milhões de reais e quer contar ainda com o jogador nesta temporada. Com 23 anos, não é intocável, mas conta com certo prestígio com os dirigentes do clube grego. Nesta temporada marcou dois gols no Campeonato Grego.

Diego Cavalieri

O Flamento tem poucas chances de trazer o goleiro. Levado para o Liverpool (ING) em 2008 pelo técnico Rafa Benítez, atualmente na Inter de Milão (ITA), é adorado pelos torcedores do clube inglês. Recentemente, o Santos, Fluminense, Palmeiras e Corinthians manifestaram interessa em contratar o jogador. Mesmo sendo reserva de Pepe Reina, o goleiro é constantemente utilizado na Liga Inglesa e dificilmente ele saíra do time.

Por: lancepress

Novo capitão, Leonardo Moura fica honrado com palavras de Zico

Escolhido por Rogério e com o aval do elenco, lateral-direito fica orgulhoso com elogios e conselhos do maior capitão da história do Flamengo


O novo capitão do Flamengo está orgulhoso. Motivos não faltam para Leonardo Moura se sentir assim. Além de ter sido escolhido pelo técnico e pelos próprios companheiros, o lateral-direito ainda ganhou elogios e conselhos daquele que considera ser o mais importante jogador a ter usado a braçadeira na Gávea. Zico teve uma rápida conversa com ele sobre a responsabilidade que está assumindo.

Afinal, Léo Moura está ocupando um posto que, teoricamente, ficou vago com a prisão de Bruno. Mas a nova função não preocupa o lateral. Principalmente pelo modo em que aconteceu a escolha para ser o capitão. Seu nome foi levado ao grupo pelo técnico Rogério Lourenço, e houve unanimidade entre os jogadores. Além disso, contou muito o fato dele ter cinco anos de Flamengo e ser respeitado dentro e fora de campo.

- A última vez que fui capitão foi em 2006, se não me engano. Mas de lá para cá mudou muita coisa e hoje estou mais maduro. Estou feliz com o fato de assumir essa responsabilidade. Foi uma decisão da comissão técnica de me escolher. Mas com certeza tiveram consultas. O Rogério falou meu nome na frente de todo grupo, e só posso agradecer à confiança que todos me deram – afirmou Léo Moura, que evitou comentar qualquer coisa relacionada ao último capitão.

Para ele, o Flamengo tem de continuar seguindo seu caminho após a fase em que Bruno ocupou o posto. O discurso do lateral foi muito mais direcionado no sentido de que o processo democrático no elenco não ficará limitado apenas à sua escolha.

- A vida não pára. Cada ser humano tem uma maneira de lhe dar com o outro. Procurei deixar bem claro que serei a mesma pessoa alegre, humilde, amiga... Sei que a visibilidade será um pouco maior, mas estou super preparado quanto a isso. Eu sou o capitão, mas todos têm o direito de falar, cobrar, incentivar... O grupo é muito importante nesse momento. Os jogadores têm confiança em mim e eu tenho neles – disse o lateral-direito.

Depois de reconhecer toda a sua responsabilidade e agradecer o voto de confiança dado pelo treinador e seus companheiros, Leonardo Moura admitiu uma satisfação pessoal com a primeira conseqüência de ter sido escolhido como capitão. Seja como jogador ou torcedor, ele ficou orgulhoso com a conversa que teve, na última terça-feira, com Zico, o capitão que levantou os principais títulos do Flamengo.

- Hoje (terça) eu passei por uma situação que jamais pensei que fosse acontecer na minha vida. O maior ídolo da história do Flamengo, o cara que foi capitão em mais de dez anos aqui, veio me parabenizar e dar alguns conselhos sobre a maneira em que um capitão conduz um elenco. Foi maneiro demais. Zico falou que eu fui o escolhido pelo carisma, pela minha história no clube, pela pessoa que eu sou, por ser uma referência... E explicou que eu tenho de continuar dando o exemplo, que vou ter de ser líder para determinados assuntos, e que tenho de ser um jogador que deixe o grupo tranquilo e com confiança... Foi um momento especial e vou seguir as dicas – afirmou Leonardo Moura.

Por: globoesporte.com

Galinho Zico sem ansiedade para a 'estreia' no Fla

Maior ídolo do clube fará o seu primeiro jogo como dirigente



Maior ídolo da História do Flamengo, o Galinho Zico fará sua "estreia" nesta quarta-feira pelo Flamengo. Isso porque, o clássico contra o Botafogo será o primeiro jogo do ídolo como diretor executivo de futebol do Rubro-Negro.

Acostumado aos grandes desafios quando atuava pelos gramados dos mais diversos estádios do mundo, Zico garantiu não estar ansioso com a nova missão.

- Não estou ansioso porque não jogo mais. Se jogasse, estaria. Cobrança sempre existiu e vou morrer com cobrança em cima. Minha sina é essa. Vamos em frente, não tem o menor problema - disse o agora dirigente rubro-negro.

Por: lancepress

Flamengo e Bota fazem duelo da reconstrução contra a continuidade

Rubro-Negro põe à prova recuperação após prisão de Bruno. Rival ainda não tem Loco Abreu, mas vive momento de paz

O polvo-profeta Paul se aposentou, Larissa Riquelme visitou o Brasil, os espanhóis, depois do título, curtem o romance entre Sarah Carbonero e o campeão Iker Casillas... os protagonistas da Copa do Mundo saem de cena e devolvem aos artistas de Flamengo e Botafogo o espetáculo do futebol brasileiro. Depois do longo período de inatividade, as equipes se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h (de Brasília). O palco? Maracanã. O mesmo que, teoricamente, estaria fechado para obras, mas ganhou uma curta sobrevida.

Ou seja: mais uma chance para os torcedores aproveitarem o estádio. O GLOBOESPORTE.COM transmite em Tempo Real, com vídeos. O Premiere Futebol Clube exibe para todo o Brasil pelo sistema pay per view.

No último jogo antes da interrupção, o Flamengo perdeu por 2 a 1 para o Goiás. Bruno era o goleiro e teve uma noite infeliz, com duas falhas. Pouco depois, segundo investigação da polícia, o goleiro envolveu-se no desaparecimento de Eliza Samudio, com quem teve um envolvimento amoroso.

Afastado do clube, o ex-capitão está preso em Minas Gerais. E o Rubro-Negro tenta se reestruturar depois de conviver com a superexposição negativa do noticiário policial. O jovem Marcelo Lomba, 23 anos e três partidas oficiais no currículo, tem a incumbência de substituir o ídolo arruinado.

- Chegou a hora de escrever a história do Marcelo Lomba. Estou no Flamengo há dez anos esperando essa oportunidade – declarou o goleiro, que por superstição usará a camisa 29.

Vagner Love também deixou a Gávea e voltou para o CSKA Moscou. Em contrapartida, os reforços prometidos ainda não chegaram. O Flamengo negocia com Ronaldinho Gaúcho e aguarda pelo menos mais dois nomes de peso.

Até os jogadores contratados durante a Copa do Mundo não podem estrear. Renato Abreu e Val Baiano só podem jogar quando a janela de transferências internacionais reabrir, o apoiador Marquinhos e o atacante Borja até podem estrear, mas ainda não foram regularizados.

A lista de problemas do técnico Rogério Lourenço aumentou na véspera da partida. O zagueiro David e o volante Correa não apareceram no BID da CBF e serão substituídos por Welinton e Rômulo, respectivamente. No ataque, o Império do Amor deu espaço à dupla prata da casa formada por Vinícius Pacheco e Diego Maurício, de apenas 19 anos.

- Não pode compará-los a jogadores prontos, como Vagner Love e Adriano, que já disputou até Copa do Mundo. O Diego é um menino de 19 anos e recebeu uma grande oportunidade para ele. Assim como o Vinícius, que ainda tenta se firmar.

Nas sete rodadas iniciais, o Flamengo conquistou nove pontos e ocupa a nona posição.

Tranquilidade alvinegra

Com o mesmo número de pontos, mas uma posição acima na tabela, o Botafogo vive momento oposto ao do rival. A tranquilidade marcou os treinos da intertemporada do clube tanto em Teresópolis, quanto em General Severiano. Mesmo com a briga pelas vagas de titular cada vez mais acirrada, o ambiente de amizade reina na equipe.

- Desde que chegamos, procuramos acima de tudo dar tranquilidade aos jogadores e ao torcedor. Claro que ajuda trabalhar em um ambiente como esse que estamos trabalhando. A torcida está aí, brincando com os jogadores, fazendo o jogo que eles gostam de fazer. Queremos permanecer com esse ambiente, mas nós sabemos que basta o resultado não aparecer para que o ambiente mude. Queremos manter isso que temos feito até o fim da temporada – disse o técnico Joel Santana.

O treinador alvinegro tem apenas uma baixa para escalar a equipe contra o Flamengo. O atacante Loco Abreu está no Uruguai, curtindo alguns dias de folga após a Copa do Mundo, e será substituído por Caio. Jobson, recém-contratado pela equipe, ficará no banco à espera de uma oportunidade para entrar no jogo.

Na defesa, Marcelo Cordeiro ganhou a posição de titular na lateral esquerda, já que Somália perdeu muitos treinos da intertemporada por conta de uma lesão na coxa. Ainda sem contrato com o clube, Maicosuel deve assistir à partida na tribuna de honra.

Neste ano, as equipes se enfrentaram três vezes, com duas vitórias alvinegras - uma delas garantiu o título do Campeonato Carioca - e um empate.

Por: globoesporte.com

Milan nega saída de Ronaldinho Gaúcho e confirma interesse em Podolski

Na última terça-feira, os boatos sobre a saída de Ronaldinho Gaúcho do Milan ganharam força. O jornal Gazzetta dello Sport publicou até que o único que ainda era a favor da permanência do brasileiro no clube rossonero era o dono Silvio Berlusconi e que o Flamengo era o provável destino.

Ao próprio diário esportivo, o vice-presidente do Milan, Adriano Galliani, negou que o melhor jogador do mundo em 2004 e 2005 esteja de saída. "Não há qualquer brecha. Ronaldinho está bem. Ele nunca expressou a ideia de sair. Além disso, existe um princípio de acordo para renovar seu contrato no outono (europeu)", disse o dirigente.



Galliani revelou ainda hoje ao site Sky Sports 24 que o Milan pode contratar o atacante Lukas Podolski, um dos destaques da seleção alemã na Copa do Mundo. Mas ele impôs uma condição para tal contratação: "A transferência para a Premier League de Huntelaar abrirá novos cenários do ponto de vista econômico".

O atacante holandês interessa a Aston Villa e Tottenham. O Colônia, clube de Podolski, quer 12 milhões de euros, segundo o dirigente rossonero, mas ele admite estar negociando por 10 milhões de euros.

Por: ESPN

Jornal: Milan está perto de liberar Ronaldinho para o Flamengo

Ronaldinho está próximo de trocar o Milan pelo Flamengo


O Milan está perto de aceitar a liberação de Ronaldinho para o Flamengo, para que tenha mais espaço em seu orçamento para contratar Luís Fabiano ou o sueco Zlatan Ibrahimovic, segundo o jornal esportivo italiano Corriere dello Sport.

O clube italiano teria preferência pelo sueco, jogador do Barcelona, que receberia uma oferta de contrato de 4 milhões de euros por ano (R$ 8,8 milhões), valor muito inferior aos 9 milhões (R$ 19,8 milhões) que ele ganha no Barcelona.

A oferta, porém, dependeria da saída de Ronaldinho, assunto sobre o qual o clube de Silvio Berlusconi ainda não se pronunciou. Ainda de acordo com o jornal, a saída de Ronaldinho permitiria que os milanistas poupassem cerca de 16 milhões de euros (R$ 35,2 milhões) por ano.

O que poderia afastar o jogador do clube carioca seria a exigência do pagamento de uma multa de liberação, que poderia ficar perto dos 10 milhões de euros (R$ 22,2 milhões). Ronaldinho ainda tem um ano de contrato com o Milan.

Nos últimos dias, clubes como o grego Olympiacos e o americano Los Angeles Galaxy também foram ventilados como possíveis destinos do jogador na próxima temporada.

Por: terra.com