sábado, 24 de julho de 2010

Flamengo homenageia Anderson Varejão com camisa personalizada

Marcelinho Machado, armador do Flamengo, entrega camisa de número 17 a Varejão


A diretoria do Flamengo decidiu prestar uma homenagem ao jogador de basquete Anderson Varejão, do Cleveland Cavaliers, que está no Rio de Janeiro com a seleção brasileira. E coube justamente ao capitão Marcelinho, capitão do Fla e seu companheiro na seleção, a missão de entregar uma camisa personalizada com o número 17, do atleta nos Cavs.

O encontro, no hotel em que a Seleção Brasileira está hospedada, foi rápido e bastante descontraído. Feliz com o presente, Anderson vestiu a camisa e brincou com o amigo e com o diretor de basquete do clube, Arnaldo Szpiro, de que trocaria Ohio pelo Rio de Janeiro desde que a proposta do Flamengo fosse igual ao do Cleveland.

Às gargalhadas, Arnaldo disse que ia pensar no assunto, enquanto Marcelinho fez questão de provocar o ala-pivô. "Acho que não tem vaga para você aqui não, estamos bem servindo de pivôs", ironizou Marcelinho.

Varejão, no entanto, praticamente ignorou a provocação de Marcelinho. "Caiu bem em mim. Imagina eu jogando como 4 e o Baby como 5? Ia ficar bom esse time, não iria não? Mas quem sabe um dia", riu Varejão, agradecendo o presente.

Atleta visitou o rival Fluminense na última semana - Recentemente Anderson Varejão confessou ser torcedor do Flamengo de uma maneira um tanto curiosa. Ele fez isso durante uma visita ao Centro de Treinamento do arquirrival Fluminense, na última semana.

Varejão havia sido homenageado pelo atacante Fred, capitão do time de futebol da equipe, que em certa ocasião marcou um gol e comemorou com uma peruca imitando os cabelos do ala-pivô dos Cavaliers, ao lado do goleiro reserva Ricardo Berna, amigo pessoal de Varejão.

Na última semana, o jogador de basquete retribuiu a homenagem e foi ao CT do Fluminense para conversar com os dois atletas, quando confirmou não ser torcedor do tricolor e sim do rubro-negro carioca, mas que agradecia a homenagem dos futebolistas do time das Laranjeiras.

Por: Gazeta Esportiva

Val Baiano vira titular em treino e deve estrear contra o Inter

Val Baiano atuava no Monterrey do México antes de vir para o Flamengo


Quando chegou ao Flamengo, em 30 de junho, Val Baiano estava nitidamente acima do peso. Mais precisamente oito quilos longe da forma que o fez ser o vice-artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2009, atrás de Adriano. Hoje, 25 dias depois, é possível perceber que o atacante ainda precisa aprimorar seu condicionamento. Seis quilos mais magro, porém, ele deve estrear neste domingo, diante do Internacional, com "fome" de gols.

"Perder peso é fruto do meu trabalho. Quero trabalhar cada vez mais para chegar a minha forma ideal. Espero estrear fazendo gol", disse.

o atacante deu mostras de que, mesmo fora de forma, pode ser útil. No coletivo realizado na Gávea, enquanto os titulares penavam para balançar as redes, expondo mais uma vez a falta de poder de fogo do time, Val Baiano abriu o placar para os reservas com um chute de fora da área.

Além do gol, Val Baiano mostrou uma mobilidade que ainda não havia sido apresentada por ele desde que chegou ao Flamengo. Resultado disso, Rogério Lourenço o colocou no time principal no final da atividade, ao lado de Marquinhos, nos lugares de Diego Maurício e Vinícius Pacheco.

A rápida evolução do jogador é fruto de muita dedicação, segundo o preparador físico Toninho Oliveira. Ele lembra que a comissão técnica traçou um planejamento para Val Baiano visando ao mês de agosto, quando seria aberta a janela de transferências internacionais. Com a antecipação deste processo, começou uma corrida contra o tempo para que o atacante pudesse estrear o mais rapidamente possível.

"Ele vem treinando praticamente há 15 dias em dois períodos. Temos que ressaltar que ele é um jogador daqueles que se dedicam mesmo", disse Toninho Oliveira, que demonstrou o quanto falta para Val Baiano chegar ao peso ideal. "No início perde peso mais rápido, mas depois estaciona. Os últimos dois quilos serão mais difíceis. Não estabelecemos uma meta de tempo, mas ele já pode jogar. O que falta é ritmo de jogo, mas a aplicação que ele teve foi surpreendente", finalizou.

Por: terra.com

Advogado vai pedir ao Fla que pague os salários atrasados de Bruno

De acordo com o advogado de Bruno, o Flamengo deve aproximadamente R$ 1 milhão para o goleiro


O advogado do goleiro Bruno Fernandes, Ércio Quaresma, deve viajar neste sábado para o Rio para conversar com os dirigentes do Flamengo. Ele vai pedir os salários atrasados de seu cliente e os direitos de imagem, o que deve totalizar R$ 1 milhão.

Bruno continua isolado em um pavilhão de triagem em uma cela individual de seis metros quadrados, onde há uma cama, um vaso sanitário, um chuveiro e uma pia. Além de Bruno, outros cinco suspeitos de participar do sumiço de Eliza também estão presos na penitenciária.

Eliza está desaparecida desde o dia 4 de junho, quando teria saído do Rio de Janeiro para Minas Gerais a convite de Bruno. No ano passado, a estudante paranaense já havia procurado a polícia para dizer que estava grávida do goleiro e que ele a teria agredido para que ela tomasse remédios abortivos para interromper a gravidez. Após o nascimento da criança, Eliza acionou a Justiça para provar a suposta paternidade de Bruno.

No dia 24 de junho, a polícia recebeu denúncias anônimas dizendo que Eliza teria sido espancada por Bruno e dois amigos dele até a morte no sítio de propriedade do jogador, localizado em Esmeraldas, na Grande Belo Horizonte. Durante a investigação, testemunhas confirmaram à polícia que viram Eliza, o filho e Bruno na propriedade. Na noite do dia 25 de junho, a polícia foi ao local e recebeu a informação de que o bebê apontado como filho do atleta, de 4 meses, estaria lá.

A atual mulher do goleiro, Dayanne Rodrigues do Carmo Souza, negou a presença da criança na propriedade. No entanto, durante o depoimento dos funcionários do sítio, um dos amigos de Bruno afirmou que ela havia entregado o menino na casa de uma adolescente no bairro Liberdade, em Ribeirão das Neves, onde foi encontrado. Por ter mentido à polícia, Dayanne Souza foi presa, mas logo conseguiu a liberdade. O goleiro e a mulher negam as acusações de que estariam envolvidos no desaparecimento de Eliza e alegam que ela abandonou a criança.

Na quarta-feira 7 de julho, a Justiça decretou prisão preventiva do goleiro Bruno, o amigo Macarrão, o ex-policial civil Marcos Aparecido dos Santos - conhecido como "Neném", "Bola" ou "Paulista", sua mulher Dayanne e mais quatro envolvidos no crime. A polícia apreendeu ainda um menor, de 17 anos, primo de Bruno, que teria participado da trama. No dia seguinte, 8 de julho, a mãe de Eliza Samudio ganhou a guarda provisório do bebê, agora com 5 meses. No dia seguinte, Bruno, Macarrão e Neném foram convocados a prestar depoimento mas se negaram. Segundo seus advogados, os acusados só falarão em juízo.

Por: terra.com

Terceira camisa do Fla deve voltar em agosto

Clube vai escolher entre três datas para usar o novo modelo


Até junho, 70 mil unidades da terceira camisa do Flamengo, nas cores azul e amarela, foram comercializadas. A aceitação dos torcedores vem sendo comemorada pelos dirigentes. O clube, inclusive, deve voltar a utilizar o uniforme em agosto.

De acordo com o estatuto, o modelo só pode ser usado três vezes por ano, e nos jogos em que o Flamengo não for o mandante. Corinthians (8/8), Atlético-PR (22/8) e Guarani (29/8) são as possibilidades.

Em termos de exposição comercial, a partida contra o Corinthians seria ideal para o Rubro-Negro. No entanto, os dirigentes ainda estudam a tabela do Brasileirão para definir a utilização da nova camisa, que será vista mais duas vezes em 2010.

- A camisa está vendendo muito bem. Vamos usá-la em breve, mas a escolha do jogo depende de uma série de fatores, e a exploração comercial faz parte disso. Vamos criar novas promoções em cima do modelo, assim como fizemos na estreia da camisa - explicou o diretor executivo de marketing do Flamengo, Harrison Baptista.

Por: Vinicius Castro

Fla acerta salários com Betão, mas Dinamo está reticente

Zagueiro é considerado importante por ser polivalente


O Flamengo chegou a um acordo salarial com Betão. Mas o Dinamo de Kiev (UCR) segue reticente quanto à liberação por empréstimo, pois considera o jogador polivalente - atua como zagueiro e lateral-direito. Além de exercer liderança positiva sobre os demais brasileiros da equipe. O Botafogo também o procurou, mas recuou diante do pedido de cerca de R$ 800 mil.

Por: de prima

Marquinhos está pronto para estrear pelo Fla

Meia fica no banco contra o Internacional e se diz tranquilo


Inegavelmente, Marquinhos foi o principal destaque dos treinamentos do Flamengo realizados nesta semana. Mostrando evolução física e qualidade técnica, o jogador ficará no banco contra o Internacional e espera ser utilizado por Rogério.

– Graças a Deus já tive a liberação e me coloco à disposição do treinador. Estou tranquilo e espero ajudar a equipe neste jogo difícil contra o Inter. É preciso ter tranquilidade e os pés no chão. Espero ter uma oportunidade – disse o meia, que realiza intenso trabalho com a preparação física para ganhar massa muscular e conseguir manter o peso corporal.

O técnico Rogério Lourenço elogiou o jogador e deposita em seu talento uma possibilidade para desafogar o ídolo Petkovic.

– Posso aproveitar o Marquinhos como meia ou atacante. É um jogador de habilidade e que pode dividir com o Pet a criação das jogadas, já que ele anda bastante sobrecarregado. O Marquinhos vem mostrando evolução e será muito importante em nossa equipe – explicou o comandante rubro-negro.

Por: lancepress

Zico aprova Mano para renovação da Seleção Brasileira

Diretor do Fla também elogia a primeira opção da CBF, Muricy Ramalho

Ex-jogador e diretor executivo do Flamengo, Zico aprovou a confirmação de Mano Menezes como novo técnico da Seleção Brasileira. Para o Galinho, o atual comandante do Corinthians é um bom nome para liderar o processo de renovação desejado pelo presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

- É um ótimo nome, vem fazendo um grande trabalho e era um dos cotados. Acho que, se o Brasil tem uma geração jovem com capacidade, tem de haver renovação. Mas o treinador tem de ter carta branca, quem está lá tem de definir o que é melhor para a Seleção - afirmou neste sábado em entrevista ao canal SporTV.

Zico acredita que um dos grandes desafios de Mano será preparar um planejamento para que essa renovação termine com a conquista do mais sonhado objetivo: a conquista do hexacampeonato mundial em 2014, aqui no Brasil.

- O ideal é que haja um planejamento visando à Copa do Mundo. Na Seleção, você não pode ser treinador para uma temporada. Com o fato de o Brasil não disputar as Eliminatórias, dá para montar uma base - disse.

Sugestão
Fã de Muricy Ramalho, Zico lamentou a negativa do treinador, primeira opção de Ricardo Teixeira para o cargo. O técnico não foi liberado pelo Fluminense, com o qual tem compromisso verbal até 31 de dezembro de 2012.

- É um direito do Fluminense, uma pena que houve desgaste, foi ruim. Lamento pelo Muricy, ele fez por onde (assumir a Seleção). Ele fez todo um curso, primário, ginásio, científico e universitário e, quando foi exercer a profissão, teve esse impasse. Gostaria de ver o Muricy na Seleção, seria a maior recompensa para ele - afirmou.

Para ver Mano e Muricy satisfeitos, Zico ainda deu uma sugestão:

- Tem a Seleção olímpica aí, quem sabe ele (Muricy) não seja o homem certo quando encerrar o compromisso dele com o Fluminense? - disse o Galinho.

Por: lancepress

Apesar do longo tempo inativo, Jean diz estar bem para fazer sua estreia

Zagueiro, que ainda não esteve em um jogo oficial este ano, será titular na partida contra o Internacional, domingo, em Porto Alegre


O zagueiro Jean, primeiro reforço do Flamengo para o Campeonato Brasileiro, fará a estreia com a camisa rubro-negra neste domingo, às 16h (de Brasília), na partida contra o Internacional, em Porto Alegre. E será como titular. O jogador, que estava no futebol russo e já defendeu clubes como São Paulo, Grêmio e Corinthians, está confiante de que poderá deixar uma boa primeira impressão nos torcedores e no técnico Rogério Lourenço.

- Estou me sentido bem. No jogo-treino (contra o Artsul, na quinta-feira), me movimentei bem. O treino de hoje (sexta) foi bom para conversar e ajustar o posicionamento. Vou procurar aproveitar bem esta chance - afirmou o atleta, que formará a defesa com Rômulo e Ronaldo Angelim.

Rogério Lourenço disse que está satisfeito com o trabalho que Jean tem feito nos treinos, e acredita que ele poderá suportar os 90 minutos do duelo com o Colorado.

- O Jean já vinha trabalhando bem, tem liderança... Ele suportou bem o jogo-treino, e acredito que possa jogar o tempo inteiro. A estreia dele era questão de tempo. O Welinton está suspenso, o David ainda não está regularizado... - disse o comandante do Fla.

Se está bem fisicamente, falta ao zagueiro ritmo de jogo, já que não disputou partidas oficiais neste ano. Nada que, segundo Jean, vá atrapalhar no confronto de domingo, no Beira-Rio.

- A ansiedade é grande, mas sabia que precisava melhorar fisicamente antes de estrear. Quero muito jogar, me sinto bem. Vou fazer de tudo para ajudar o Flamengo a vencer esta partida. Sei que será um duelo difícil, mas estou preparado para fazer um grande jogo.

O Flamengo é o quinto colocado no Campeonato Brasileiro com 16 pontos.

Por: globoesporte.com

Leandro Amaral espera visita de Runco para fechar com o Flamengo

Avaliação acontecerá no início da próxima semana. Jogador não entra em campo desde julho de 2009


Manhã de quarta-feira. Leandro Amaral se exercita na praia da Barra da Tijuca sob as ordens do preparador físico do Flamengo, Daniel Jouvin. Mas os treinos “extraoficiais” têm data para terminar. No início da próxima semana, o médico José Luiz Runco irá avaliar o joelho direito e dar o parecer final sobre a contratação.

O diretor-executivo Zico, empolgado com os relatórios que recebeu até aqui, considera a contratação apenas questão de tempo. O centroavante, que completa 33 anos, em agosto chega para reforçar o setor mais frágil da equipe.

Leandro Amaral foi submetido a uma artroscopia no joelho direito em 2009, cuja previsão inicial dos médicos era de retorno em cerca de um mês. Mas por conta de uma infecção causada por um fungo (Candida Albicans), o tratamento durou seis meses (sendo dez dias de internação e seis semanas com um cateter para receber fortes antibióticos).

O jogador está treinando sob a supervisão de profissionais do Fla e do CFZ, e sua evolução tem deixado todos satisfeitos. O atleta não atua desde julho de 2009, quando ainda defendia o Fluminense. Ele chegou a um acordo e rescindiu o contrato com o Tricolor. Com isso, pode acertar com qualquer outra equipe.

Por: globoesporte.com

sexta-feira, 23 de julho de 2010

O retorno

Depois da Copa do Mundo é difícil voltar a realidade. Não vou encontrar mais Maradona nos treinos, nem irei me surpreender com o Uruguai. Como era tranquilo trabalhar com aquele time. ´
Assim que cheguei no Brasil encarei a situação humilhante do Flamengo. A capa da Vejinha era: "uma nação destruída". Não sei se Bruno é culpado ou inocente, só sei que isso abalou o Flamengo. Ainda bem que não estava aqui quando tudo isso aconteceu. Em uma entrevista coletiva Zico foi brilhante. O título não foi bom para o Flamengo. Os jogadores achavam que podiam fazer tudo. Quantas vezes estive em delegacias por causa do Flamengo. Perdi as contas. Nesse recomeço quero encontrar um novo Flamengo, um novo campeonato brasileiro, pelo menos já sei que nesta sexta vou lembrar um pouco da Copa do Mundo. Teremos um novo técnico da seleção Brasileira. Será mesmo Mano Menezes? Por enquanto ele é o mais cotado. Bom para a seleção, ruim para o Corinthians.

Por: Patrícia Lopes

No sufoco, Rogério antecipa estreia de três refoços, pelo menos no banco

Técnico deve armar time no 3-5-2 contra o Inter, com Rômulo e Fabrício. Val Baiano, Jean e Marquinhos viajam e começam na reserva


Rogério praticamente definiu quem serão os substitutos de Kleberson e Welinton contra o Internacional, domingo, no Beira Rio. Com a suspensão deles, o treinador afirmou, nesta quinta-feira, que Rômulo e Fabrício devem ganhar uma chance entre os titulares. Mas essa não é a única novidade do Flamengo em Porto Alegre. Val Baiano, Marquinhos e Jean foram relacionados para a viagem e ficarão no banco de reservas.

A decisão de Rogério veio após a vitória por 4 a 0 no jogo-treino contra o Artsul, nesta quinta-feira, na Gávea. Como estes três jogadores participaram bem da atividade, a comissão técnica entendeu que, apesar de eles ainda não estarem em boa forma física, já podem ser aproveitados em uma parte do segundo tempo. Principalmente, Marquinhos, que marcou dois gols e foi regularizado na CBF.

O técnico ainda cogitou a possibilidade de escalar Jean como titular, no lugar de Welinton. Como David não será regularizado pelo fato de o Flamengo ainda não ter pago a operação ao Panathinaikos, Rogério não tem opções pelo lado direito da zaga. Por isso, deve armar uma espécie de 3-5-2 contra o Internacional.

- Estamos com esses problemas todos aí. Acho que devo colocar o Rômulo pela direita, com o Angelim pela esquerda e o Fabrício fazendo a sobra. Esses reforços ainda não têm condições de jogar mais do que um tempo. Então estou pensando nessa possibilidade de armar o time no 3-5-2 – disse Rogério ao GLOBOESPORTE.COM no início da noite desta quinta-feira.

Com isso, o provavél time que vai enfrentar o Internacional deve ser formado com Marcelo Lomba, Rômulo, Fabrício e Ronaldo Angelim; Leonardo Moura, Correa, Willians, Petkovic e Juan; Diego Maurício e Vinícius Pacheco.

Apesar de ter enfrentado o Artsul, Michael não vai viajar para Porto Alegre. O apoiador ainda não está totalmente recuperado da lesão na coxa esquerda e a comissão técnica entende que ele deve seguir fazendo um trabalho de fortalecimento muscular.

Por: globoesporte.com

Paulo Sérgio é emprestado ao Estoril

Sem muitas chances no Flamengo, atacante conversa com a diretoria e diz que aceita ser emprestado ao clube português por um ano


Depois de ter marcado o gol da vitória sobre o Botafogo, Paulo Sérgio não teve mais oportunidades no Flamengo. Sem muitas perspectivas de continuar sendo aproveitado por Rogério Lourenço, o atacante conversou, nos últimos dias, com a diretoria e pediu para ser emprestado ao Estoril. O clube português, que vinha sondando o jogador há algum tempo, deve pagar uma pequena quantia, ainda não divulgada, por um contrato de um ano.

A decisão aconteceu no início da noite desta quinta-feira. Paulo Sérgio conversou com Rogério Lourenço, que já não iria relacioná-lo para enfrentar o Internacional, domingo, em Porto Alegre, e com o gerente de futebol, Isaías Tinoco. Após comunicar que preferia ser emprestado, a diretoria não se opôs.

- É uma decisão do jogador. Achava que ele estava tendo um espaço bom, com chance de se firmar. Mas temos de respeitar a decisão dele. É um interesse antigo (do Estoril) e o negócio vem sendo conduzido pela Traffic – confirmou Eduardo Uram, empresário do atacante.

A Traffic possui 20% dos direitos econômicos de Paulo Sérgio e já havia conversado com a diretoria rubro-negra sobre a proposta do Estoril quando acertou a transferência de Marquinhos para o Flamengo. Com a saída do atacante, Rogério Lourenço passa a ter Diego Maurício, Vinícius Pacheco, Cristian Borja, Val Baiano e Marquinhos como opções para o setor no elenco. Estes três últimos ficam no banco contra o Internacional, no domingo, em Porto Alegre.

Por: globoesporte.com

Preparador de goleiros diz que Bruno mudava de humor constantemente

Robertinho, que conviveu por quase 4 anos no Fla com o agora acusado pelo sumiço de Eliza Samudio, fala sobre o goleiro em entrevista ao SporTV



O preparador de goleiros Roberto Barbosa, o Robertinho, conviveu diariamente com Bruno no Flamengo durante quase quatro anos e pode falar como poucos sobre o temperamento do arqueiro de sucesso que se tornou um dos principais acusados do desaparecimento da sua ex-amante Eliza Samudio. Em entrevista ao SporTV, Robertinho se disse muito triste com o que aconteceu, segurou a emoção em alguns momentos e revela que Bruno mudava de humor constantemente desde quando o conheceu.

- Tinha dias de ele estar muito acelerado. Isso anos atrás. Essa garota não fazia parte de plano nenhum na vida dele e acho que de ninguém aqui no Rio de Janeiro, acho que ela nem era conhecida. Então eu já conhecia esse Bruno de pegar, abraçar todo mundo, dar beijo em todo mundo, de dar até dinheiro para algumas pessoas, e no outro dia ele chegar uma pessoa muito mais séria. Então, eu nunca prestei atenção em mudança de comportamento nenhum, porque esse comportamento de estar um dia de um jeito e no outro estar de outro já era normal - afirmou.

Segundo Robertinho, nem todos tinham coragem de falar o que pensavam com o goleiro:

- Muita gente não tinha respeito pelo Bruno, tinha medo. Muita gente queria falar uma verdade para ele, mas passava a mão na cabeça.

O preparador lembra que os planos para o goleiro eram o contrário do que vem ocorrendo agora:

- É muito triste ver o Bruno algemado, todo de laranja, sendo xingado por muitas pessoas que o aplaudiam, que elogiavam o Bruno. O que nós traçamos era completamente o inverso daquilo tudo ali. Era ele ser ovacionado pela torcida como o melhor goleiro, como um goleiro acima da média.

Sobre o último jogo pelo Flamengo, quando levou dois gols contra o Goiás que não costumava deixar passar, no dia em que a Polícia afirma que Eliza desapareceu, Robertinho disse que não tinha como relacionar isso a alguma situação extracampo:

- Hoje o Bruno não está bem, mas isso já acontecia anos atrás. Então eu não tinha como detectar a raiz, o problema, "Pô, o Bruno hoje está com esse jeito, porque teve um problema com fulano de tal". Não sei.

Em relação a Eliza, Robertinho afirma que tentou fazê-lo minimizar o problema com relação à pensão que ela exigia para o filho que dizia ser do goleiro:

- As poucas vezes em que eu comentei alguma coisa com ele a esse respeito foi só o que eu vou repetir para você: "Cara, é simplesmente uma pensão a mais. Isso não é nada para você. Esquece isso, é besteira. Tem outros grandes jogadores, empresários, hoje isso é comum. Você pode pagar uma coisa insignificante para você".

Perguntado se então isso estaria perturbando a cabeça do goleiro, Robertinho disse que não foi o único a dar o conselho, pois amigos de Bruno fizeram o mesmo, para se concentrar mais na sua profissão, em melhorar seu desempenho para ser de verdade um goleiro de ponta, "que ele tinha tudo para ser".

- Eu ainda não consigo, sinceramente, convivendo com o Bruno ao longo de quase quatro anos e conhecendo tão bem ele como eu conhecia... eu não via no homem que o Bruno foi durante esse período em que nós trabalhamos juntos ele capaz de cometer um crime ou de articular um crime. Para falar a verdade eu não quero nem acreditar nessa situação. Eu gostaria que isso fosse um pesadelo e que todos nós acordássemos e encontrássemos uma outra realidade, a vida normalmente. Mas eu vejo que não é um pesadelo, é real.

Por: SPORTV

quinta-feira, 22 de julho de 2010

Técnico do Flamengo minimiza confusão na hora de gol do Avaí

O técnico Rogério Lourenço acabou sendo vítima do que chamou de "falha de comunicação" no momento do gol de empate do Avaí contra o Flamengo, na última quarta-feira à noite, no Maracanã, onde os dois times ficaram no 1 a 1 no confronto válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

No momento da falta que originou o gol do Avaí, o treinador preparava para colocar o colombiano Borja no lugar de Kleberson, quando foi avisado pelo lateral Juan que o volante Correa havia pedido para ser substituído. Com o teórico pedido, Rogério pediu para Borja aguardar um pouco e chamou Rômulo para entrar no lugar de Correa.

Porém, quando o quarto árbitro levantou a placa com os números da substituição, o volante avisou que não iria sair e criou uma confusão. O comandante flamenguista, porém, garantiu que a atitude de Correa não foi um ato de indisciplina.

"Houve um erro de comunicação ali. O Juan passou para mim que o Correa queria sair. Quando o Correa viu que era para ser substituído, ele disse que não, porque só estava pedindo para esperar um pouco. E acabou saindo o gol naquele momento. Mas não é nada que vá nos atrapalhar. Não interfere o andamento da partida e no meu modo de pensar", afirmou o técnico, que depois explicou a mudança rápida de planos na substituição.

"No momento, o Borja estava preparado para entrar. Se eu queimo uma substituição ali, com o Rômulo e o Correa, teria de aguardar para ver os outros jogadores, como o Pet (kovic). Quero deixar o Correa e o Pet em campo para eles crescerem na parte física", justificou.

Por: ESPN

Flamengo procura soluções para tornar ataque mais poderoso

Técnico Rogério Lourenço precisa encontrar soluções para superar a carência de atacantes no Flamengo


Se as vitórias por 1 a 0 sobre Botafogo e Atlético-GO esconderam deficiências do time do Flamengo, após o empate por 1 a 1 com o Avaí na noite de quarta-feira, no Maracanã, esses problemas vieram à tona, principalmente no que diz respeito às carências do atual elenco. O setor que mais gera preocupações é o ataque, composto pelo jovem Diego Maurício e por Vinícius Pacheco, que está sendo improvisado na posição.

Na vitória sobre o Botafogo o gol foi marcado por Paulo Sérgio, que saiu do banco de reservas para decidir a partida. O jogador, porém, nunca conseguiu se firmar na Gávea, chegando inclusive a ser emprestado ao Figueirense em temporadas anteriores. Diante dos goianos o gol decisivo veio em uma cobrança de pênalti de Petkovic.

Já contra o Avaí, Diego Maurício acabou com o jejum do ataque, que, apesar disso, não conseguiu aproveitar os espaços deixados pelos catarinenses para decidir o confronto. Contratado para compor elenco, o colombiano Cristian Borja tem entrado no segundo tempo dos jogos, mas sem mudar muito as coisas.

"Marcamos gols em todos os jogos do Campeonato Brasileiro, mas sabemos que vencer por 1 a 0 é pouco. Temos que continuar trabalhando porque se abrirmos 2 a 0 ou 3 a 0, fica mais complicado de o adversário modificar a situação", afirmou o técnico Rogério Lourenço.

O diretor executivo do departamento de futebol, Zico, tem conversado com Rogério Lourenço sobre as necessidades do elenco e o clube continua procurando reforços para o ataque. Novidades podem aparecer nos próximos dias. Pelo menos mais um nome será procurado para o setor ofensivo.

O Flamengo volta a campo no próximo domingo, quando visita o Internacional, no Beira Rio. Dificilmente o treinador vai poder contar com alguma novidade para o setor. O atacante Val Baiano, que estava no México, está com a documentação regularizada, porém se encontra visivelmente acima do peso e não teria como atuar os 90 minutos.

O meia Marquinho, que foi contratado da Traffic e pode ser utilizado no ataque, não teve ainda a documentação regularizada. Além disto, ele sequer tem previsão de poder jogar, pois se apresentou abaixo do peso.

Por: Gazeta Esportiva

Fla ainda não sabe quando irá enviar dinheiro para ter David

Zico confirma que até o presente momento o clube ainda não disponibilizou o dinheiro necessário


Ao que tudo indica, o técnico Rogério Lourenço terá de improvisar mesmo Fabrício na zaga ao lado de Ronaldo Angelim. Com Welinton suspenso, a grande esperança da comissão técnica era ter David para o próximo confronto contra o Internacional. Porém, o Panathinaikos (GRE), dententor dos direitos econômicos do zagueiro, só irá enviar o documentação do jogador após o depósito de R$ 700 mil.

O que ainda não ocorreu até o momento. Ainda sem saber quando o clube disponibizará o dinheiro para regularizar o zagueiro no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, o diretor executivo do Flamengo, Zico, confirmou que ainda não há previsão para acertar com o clube grego.

- Gostaria que ele jogasse já na semana passada, mas temos de esperar acertar financeiramente com o Panathinaikos para regularizá-lo. Ainda temos essa pendência, pois somente dessa forma eles irão liberar ele para jogar - revelou o Galinho ao LANCENET!

Por: lancepress

Suspensos, Welinton e Kleberson desfalcam o Flamengo no domingo

Rogério Lourenço terá, pelo menos, dois desfalques para a partida de domingo, contra o Internacional, às 16h, no Beira-Rio, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador não poderá contar com o volante Kleberson e o zagueiro Welinton.

Os dois jogadores levaram terceira cartão amarelo no empate com o Avaí em 1 a 1, na quarta-feira, no Maracanã, e terão que cumprir suspensão automática. Os substitutos ainda não foram escolhidos por Rogério Lourenço.

O treinador, entretanto, poderá escalar Rômulo no lugar de Kleberson ou até mesmo optar por Camacho. Na vaga de Welinton, Fabrício é o nome mais cotados, pois, por enquanto, David e Jean ainda não estão à disposição.

Com o empate de quarta-feira, o Flamengo saiu do G-4 do Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos, o Rubro-Negro ocupa a quinta posição, mas pode cair até para sétimo. Tudo vai depender dos resultados de Cruzeiro e Guarani, que jogam nesta quinta-feira contra Fluminense e Ceará, respectivamente.

Até o momento, em dez rodadas do Campeonato Brasileiro, o Flamengo venceu quatro partidas (Atlético-GO, Botafogo, Grêmio Prudente e Palmeiras), empatou também quatro (Avaí, Grêmio, São Paulo e Vitória) e perdeu duas (Fluminense e Goiás).

Por: uol esportes

Flamengo sai na frente, cochila, e Avaí arranca empate no Maracanã

Resultado tira os cariocas do G-4 e confirma a excelente campanha dos catarinenses pós-Copa do Mundo



A torcida do Flamengo se surpreendeu positivamente com a forma que o time voltou ao Brasileirão. Ainda com o caso Bruno latente, a equipe ganhou dois jogos seguidos e entrou no G-4. Mas nesta quarta-feira, a surpresa foi negativa. A equipe não fez uso do fator campo e, na hora de embalar, tropeçou novamente em casa. O Avaí aproveitou-se e arrancou importante empate por 1 a 1, no Rio de Janeiro, em jogo da 10ª rodada.

Neste Brasileiro, o Fla jogou seis vezes na sua casa e conseguiu apenas duas vitórias. Houve também três empates e uma derrota.

O início dos cariocas até foi empolgante, e o gol de Diego Maurício, após bela jogada coletiva, foi o reflexo disso. E, apostando na fórmula de jogos anteriores, o Fla recuou. Mas não conseguiu sustentar a vantagem como fez diante de Botafogo e Atlético-GO, sofrendo o empate dos visitantes no segundo tempo.

Com o empate, o Flamengo chegou a 16 pontos, mas deixou o G-4, sendo agora o 5º colocado, superado pelo Internacional, que bateu o Atlético-MG por 2 a 1, em Sete Lagoas (MG). O Avaí, que também vinha de duas vitórias (sobre São Paulo e Palmeiras), confirmou a reação após a chegada do treinador Antônio Lopes e obteve novo bom resultado. Com 15 pontos, o atual campeão catarinense está em sétimo.

Na próxima rodada, o time carioca faz um duelo direto por uma posição na 'zona Libertadores', visitando o Inter, domingo, no Beira-Rio (16h de Brasília). No sábado, o Avaí recebe o Atlético-MG no estádio da Ressacada (18h30m).

Fla abre o placar em bela jogada


A torcida rubro-negra não compareceu ao Maracanâ em número à altura de um integrante do G-4 (14 mil pagantes), mas trocou a quantidade por qualidade para apoiar um Flamengo renovado e aplicado. A resposta veio aos dez minutos em ótimo lance coletivo. Petkovic iniciou a jogada e tocou para Vinícius Pacheco. O meia-atacante abriu para Léo Moura na direita. O capitão passou de primeira, com categoria, para Diego Maurício, que bateu rasteiro de direita, colocado, para abrir o placar. Foi o primeiro gol do 'Drogba da Gávea' no time profissional após sete partidas em branco.

O gol aumentou a empolgação da equipe. Petkovic só não fez olímpico porque Renan salvou sobre a linha. Logo depois, Léo Moura fez ótima jogada, mas Vinícius Pacheco se enrolou, furou e terminou por concluir por cima.

Aos poucos, o Avaí começou a encontrar espaços, sobretudo no lado esquerdo da defesa adversária. Em uma das investidas, aos 23, Robinho rolou para Roberto, que cruzou rasteiro. A bola chegaria aos pés de Caio, mas Léo Moura salvou na pequena área. A segunda chance foi em falta frontal cobrada por Gabriel, aos 26. Ele bateu forte, e Marcelo Lomba fez excelente defesa no canto direito.

O Flamengo só voltou a ameaçar aos 41. Willians pedalou, passou por um adversário e chutou forte da entrada da área. Renan caiu no canto direito e espalmou. Três minutos depois, Correa puxou contra-ataque e passou para Diego Maurício. Ele errou, a bola sobrou para Petkovic, que bateu rasteiro nas mãos de Renan.

O Avaí fez duas alterações no intervalo (Marcos e Davi nos lugares de Diogo Orlando e Robinho, respectivamente) e voltou melhor, imprensando os mandantes no campo de defesa. Aos 11, Léo Moura escorregou, Eltinho aproveitou na ponta esquerda e bateu cruzado. Marcelo Lomba desviou levemente, Roberto pegou a sobra, mas errou o alvo, acertando a rede pelo lado de fora.

Petkovic cansou, e o Flamengo travou. As jogadas de ataque rarearam, e a defesa passou a recorrer aos chutões. O técnico Rogério Lourenço ainda dificultou mais a situação quando trocou Vinícius Pacheco por Camacho.

O empate do time comandado por Antônio Lopes, fiel ao seu estilo de gritar muito à beira do gramado, não tardou. Aos 29, Gabriel cobrou forte uma falta de longa distância. Marcelo Lomba pulou no canto direito, mas não alcançou, perdendo sua invencibilidade na meta desde que assumiu o posto de titular.

Após perder a vantagem, o Flamengo, enfim, voltou a ter o domínio territorial. Mas sem força ofensiva, pouco ameaçou o goleiro Renan. E saiu de campo vaiado pelos poucos mais de 19 mil presentes no estádio.

Por: globoesporte.com

quarta-feira, 21 de julho de 2010

Polícia encontra corpo carbonizado que pode ser o de Eliza

Polícia Civil de São Paulo localizou material em um cemitério

A Polícia Civil de São Paulo foi acionada nas buscas pelo corpo de Eliza Samudio, ex-amante do goleiro Bruno, do Flamengo. A investigação do caso, que é conduzida pela polícia de Minas Gerais, acredita que o corpo da estudante pode ter sido colocado em um cemitério em São Paulo, na cidade de Cachoeira Paulista. As informações são do "RJTV", da Rede Globo.

No cemitério foi encontrado um corpo carbonizado no dia 26 de junho. A polícia acredita que por a data estar próxima a do sumiço de Eliza, desparecida desde o início de junho, o corpo pode ser o da estudante.

O fêmur e um dente do corpo carbonizado encontrado no cemitério deverão ser enviados nesta quarta-feira pela Polícia Civil de São Paulo para a Polícia Técnico-científica. O material passará por exames no Instituto de Criminalística para apurar qual o sexo da vítima. Caso seja comprovado que o sexo é feminino, posteriormente será realizado um exame de DNA que será avaliado pela Polícia Civíl de Minas Gerais com o objetivo de comparar com o de Eliza Samudio, ex-amante de Bruno.

O delegado de Cachoeira Paulista, Mário Celso Ribeiro Fenne, informou na segunda-feira aos policiais mineiros sobre a localização do corpo carbonizado no bairro de São Miguel. A polícia de São Paulo não conseguiu identificar o sexo da vítima. Ao que tudo indica, entretanto, a estatura do corpo está mais voltado para o de uma mulher. O delegado estranhou a preocupação do criminoso em não deixar que a vítima fosse identificada.

Por: lancepress

Fla anuncia chegada de americano campeão da Liga das Américas

Kyle Lamonte, de 25 anos, foi o MVP da competição pelo Peñarol


O Flamengo anunciou nesta quarta-feira o ala americano Kyle Lamonte, um dos destaques da conquista do título da Liga das Américas pelo Peñarol, na temporada passada. O jogador assinou com o clube rubro-negro por um ano e será apresentado oficialmente na Gávea, na segunda semana de agosto.

Lamonte chega credenciado como jogador mais valioso das finais da Liga das Américas. Com 39 pontos anotados na decisão sobre o Halcones Xalapa, do México, o ala, de 25 anos, foi o principal responsável pela vitória de 93 a 91 que garantiu o título ao Penãrol.

Nascido em Davenport, em Iowa, Lamonte teve passagens pela NCAA, principal liga universitária norte-americana, pelo basquete europeu e pelas Ligas uruguaia e argentina antes de chegar ao Flamengo. Formado em administração esportiva pela faculdade Southern Mississippi, o novo reforço rubro-negro garante que está preparado para o novo desafio.

- Eu nunca imaginei que um dia pudesse atuar no basquete brasileiro. Mas trabalhei duro a vida toda para jogar em qualquer lugar. Estou muito ansioso para chegar ao Brasil e vestir logo a camisa do Flamengo – afirmou.

Kyle disse que a primeira coisa que ouviu após assinar com o clube foi da fanática torcida carioca.

- Já ouvi falar que o clube tem milhares de torcedores e isso só aumenta minha vontade de jogar pelo Flamengo. Eu sempre me senti bem e tive sucesso jogando diante de grandes públicos.

O jogador afirma que já ouviu falar muito bem de Marcelinho e Baby.

- Do time atual, eu já tinha muito ouvido falar do Marcelinho e do pivô Baby, que jogou na NBA e também acaba de ser contratado. Não é qualquer jogador que termina uma temporada com uma incrível média de 26 pontos por partida. Espero poder ajudá-los a conquistar muitos títulos pelo Flamengo - disse Kyle, se referindo ao ala rubro-negro.

Por: globoesporte.com

Sem acerto com o Flamengo, Vágner Love se reapresenta ao CSKA

Clube russo cogita negociar o atacante somente em caso de venda de seus direitos federativos


Embora tenha demonstrado em mais de uma ocasião seu desejo de permanecer no Flamengo, o atacante Vágner Love não conseguiu convencer os dirigentes do CSKA a prorrogar seu empréstimo à equipe carioca. O jogador retornou nesta quarta-feira à capital russa para se reapresentar ao clube.

A direção do CSKA ainda cogita negociar o atleta, mas apenas para venda de seus direitos federativos.

"Se não houver ofertas, Vágner jogará pelo CSKA", disse Roman Babaev, diretor-geral da equipe, ao jornal Sport-Express. "Dificilmente um clube rejeitaria os serviços de um atacante de tanta qualidade, mas poucos poderão assumir sua contratação", acrescentou.

O jogador, que tem contrato com o time moscovita até 2014, pediu aos dirigentes russos para voltar ao Brasil em agosto do ano passado para tentar conseguir uma vaga na Seleção Brasileira e ir à Copa do Mundo da África do Sul.

O Palmeiras, clube onde se destacou no início de sua carreira, o contratou por empréstimo, mas após uma passagem apagada, que incluiu problemas com torcedores, Vágner foi cedido em janeiro deste ano pelo CSKA por seis meses ao Flamengo. Embora tenha tido boas atuações pela equipe rubro-negra, seu objetivo de voltar à Seleção não se concretizou.

De volta a Moscou, Love terá forte concorrência por uma vaga entre os titulares do CSKA. O técnico Leonid Slutski vem elogiando muito o brasileiro Guilherme, ex-Cruzeiro, e o tcheco Tomas Necid.

Por: terra.com

David não poderá jogar contra o Avaí

Diretoria tentará regularizar o zagueiro para partida contra o Inter


A esperança de Zico em poder contar com o zagueiro David no jogo desta quarta-feira contra o Avaí foi por água abaixo, pois o documento do Panathinaikos (GRE), liberando a regularização do jogador na CBF não chegou. A luta da diretoria agora é tentar regularizar o zagueiro para o jogo contra o Internacional.

– Estamos aguardando para ver o que acontece. É um processo que já esperávamos que levasse um tempo. Não se resolveu nesta terça, como queríamos. Envolve dinheiro. Vamos ver se até o jogo contra o Internacional conseguimos colocá-lo em campo – disse Zico.

Para enviar a documentação de David, o time grego espera cair em sua conta cerca de R$ 700 mil, o que ainda não aconteceu.

Por: lancepress

Flamengo acerta contratação de Kyle Lamonte

Americano vem de uma passagem de sucesso pelo Peñarol

O Flamengo acertou a contratação de mais um importante reforço no basquete. Após voltar a contar com o pivô Baby, a equipe anunciou nesta quarta-feira que o ala americano Kyle Lamonte, ex-Peñarol (ARG), vai atuar pelo clube na próxima temporada.

- Eu nunca imaginei que um dia pudesse atuar no basquete brasileiro. Mas trabalhei duro a vida toda para jogar em qualquer lugar. Estou muito ansioso para chegar ao Brasil e vestir logo a camisa do Flamengo - disse o ala.

Lamonte foi o MVP da decisão da última Liga das Américas, quando anotou 39 pontos no triunfo do Peñarol sobre o Lacones Xalapa (MEX) por 93 a 91.

- Já ouvi falar que o clube tem milhares de torcedores e isso só aumenta minha vontade de jogar pelo Flamengo. Eu sempre me senti bem e tive sucesso jogando diante de grandes públicos. Do time atual, eu já tinha ouvido falar do Marcelinho e do Baby, que jogou na NBA. Espero poder ajudá-los a conquistar muitos títulos pelo Flamengo - completou o americano, que vai utilizar o número 11.

Segundo o Flamengo, a apresentação de Kyle Lamonte vai acontecer na segunda semana de agosto.

Por: lancepress

Para entrar em forma, Val Baiano vai disputar jogo-treino do Fla na 5ª


Val Baiano não será aproveitado nesta quarta-feira contra o Avaí, mas Rogério Lourenço sinalizou com a possibilidade de utilizá-lo na 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, quando o Flamengo encara o Internacional, no próximo domingo, no Beira-Rio. Para testar o atacante, o treinador vai utilizá-lo em jogo-treino, na quinta, na Gávea, contra o Artsul, da Série B do Rio de Janeiro.

“Ele chegou em condições físicas bem abaixo em relação aos outros jogadores e o estávamos preparando para estrear em agosto. Mas, com a mudança da janela de transferências internacionais, estou pensando no próximo domingo. Quinta-feira Val Baiano participará de um jogo-treino”, afirmou Rogério Lourenço.

O Flamengo apresentou Val Baiano em Itu-SP, quando o time estava se preparando durante a paralisação do Campeonato Brasileiro por causa da Copa do Mundo. O atacante perdeu alguns dias de treino e ainda não entrou na melhor forma física. E Rogério Lourenço, com o jogo-treino, acredita que poderá acelerar o condicionamento de alguns jogadores.

O meia-atacante Marquinho, recentemente contratado ao Palmeiras, também deverá participar do jogo-treino, segundo o treinador. Ele quer dar ritmo aos novos reforços para que possa aproveitá-los o quanto antes no Campeonato Brasileiro. Os únicos reforços utilizados até o momento por Rogério Lourenço foram o volante Correa e o atacante Cristian Borja.

Por: uol esportes

Flamengo e Avaí colocam boa fase à prova no Maracanã

Rubro-Negro está no G-4 após fase turbulenta fora de campo. Catarinenses também vêm de duas vitórias consecutivas pós-Copa

A pausa para a Copa do Mundo, por enquanto, trouxe benefícios em forma de duas vitórias e ascensão na tabela a Flamengo e Avaí. Mas as duas equipes colocam o aproveitamento irretocável à prova na noite desta quarta-feira, no Maracanã. A partida é válida pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O GLOBOESPORTE.COM acompanha em Tempo Real, com vídeos, a partir de 21h (de Brasília). O Premiere Futebol Clube exibe para todo o Brasil, pelo sistema pay-per-view.

Por tudo o que ocorreu recentemente, os bons resultados do Flamengo surpreendem. Se não bastasse a saída do Império do Amor, o clube não fez contratações relevantes para o setor e foi abalado diretamente pela prisão do capitão Bruno.

Mas o principal efeito dos problemas foi positivo no grupo. As atuações nas vitórias por 1 a 0 sobre Botafogo e Atlético-GO comprovaram isso. O time não empolgou, mas mostrou disciplina tática e pulou da nona para a quarta posição, com 15 pontos. Além disso, os jogos serviram para dar confiança a Marcelo Lomba, o substituto de Bruno. O goleiro teve ótimas atuações e, para melhorar, não foi vazado nos quatro jogos que disputou no ano.

Diante do cenário altamente positivo, o Rubro-Negro se previne contra o tradicional oba-oba acompanhado por tropeço dentro de casa. A partida desta quarta-feira é vista até como armadilha disfarçada.

Depois de jogos em que foi “azarão”, o time devolveu a auto-estima ao torcedor. Com ela, vem a obrigação de vitória, principalmente dentro de casa. E nesse tipo de situação que os tropeços se acumulam nos últimos anos.

- Torna-se um jogo perigoso. Várias vezes aconteceu isso de decepcionar, de estar numa crescente, jogar em casa e acontecer uma derrota. Temos que tirar uma lição boa e não deixar isso acontecer. Equipe está melhorando, sabe que falta muito para chegar ideal. Se continuar 1 a 0 e vencendo está bom. Não dá sempre para jogar aquele futebol alegre, para frente – disse o meio-campo Kleberson.

O técnico Rogério Lourenço vai repetir a escalação pela primeira vez no torneio. Apesar de a janela de transferência internacional antecipada, o Flamengo ainda não pode contar com Val Baiano e Renato Abreu. O primeiro precisa aprimorar a forma física enquanto o segundo cumpre os últimos dias de contrato nos Emirados Árabes.

Avaí mira o G-4

A boa sequência do Avaí no Brasileirão após a Copa do Mundo – duas vitórias em dois jogos – elevaram as ambições dos catarinenses. Em caso de novo triunfo nesta quarta-feira, o time, sexto colocado, só depende de um tropeço do Cruzeiro diante do Fluminense, na quinta, para terminar a rodada no G-4.

Para o duelo contra o Flamengo, a equipe do técnico Antônio Lopes conta com o retorno de Eltinho à lateral-esquerda, e a entrada do volante Diogo Orlando no meio, nas vagas dos suspensos Pará e Rudnei. No treino desta terça, o meia-atacante Sávio, revelado na Gávea, teve sua escalação vetada. Ele vinha reclamando de dores desde as atividades de segunda-feira.

Sem ignorar as dificuldades, o comandante avaiano disse que seus jogadores devem enfrentar o atual campeão sem medo e com humildade para tentar conquistar os três pontos fora de casa.

- Temos que jogar como estamos jogando, sem medo, com bastante humildade, doação, vontade, acho que isso pode fazer com que tenhamos uma boa partida e colhamos um bom resultado. Mesmo sabendo que o Flamengo é quase imbatível no Marcanã e que eles têm um time bom, experiente, de qualidade, nós podemos voltar com um resultado positivo – avaliou Antônio Lopes, em entrevista à rádio CBN/Diário.

Por: globoesporte.com

CURTINHAS: Gottardo deve fazer estágio no Fla para ser treinador

Clube deve contratar atacante Renato, do Olaria, para os juniores. Luís Antônio e Cristiano são convocados para Seleção Brasileira sub-20

Campeão do Brasileiro de 92 pelo Flamengo, Wilson Gottardo está querendo mudar de ares no futebol. A inteção do ex-zagueiro é tornar-se treinador. Para realizar esta vontade, ele deve contar com a ajuda do diretor-executivo Zico. É que ele esteve na Gávea na tarde de terça-feira e deixou tudo encaminhado para realizar um estágio temporário e não remunerado no Flamengo.

Gottardo repete os mesmos passo de Jorginho, que antes de assumir o América e ser auxiliar da Seleção Brasileira fez um período de observação na Gávea ao lado de Aílton.


Reforço para a base


O Flamengo deve oficializar, nos próximos dias, a contratação do atacante Renato, do Olaria, para os juniores. O jogador participou do jogo-treino contra os profissionais rubro-negros antes do reinício do Brasileiro. Seu nome foi aprovado por Zico e pela nova diretoria das divisões de base.


Juniores canarinhos


Dois jogadores do Flamengo foram convocados para a Seleção Brasileira sub-20. O volante Luís Antônio e o zagueiro Cristiano se apresentam nesta quinta-feira para disputar o Torneio Internacional da categoria, no Paraguai, entre os dias 25 a 29 deste mês.

Por: globoesporte.com

terça-feira, 20 de julho de 2010

Com Fla embalado, Kleberson alerta para time não tropeçar diante do Avaí

Volante Kleberson sabe que o Flamengo terá uma partida complicada contra o Avaí, no Maracanã


O Flamengo conquistou duas vitórias seguidas no Campeonato Brasileiro ao bater Botafogo e Atlético-GO. O time está embalado para enfrentar o Avaí, nesta quarta-feira, às 21h, no Maracanã, pela décima rodada da competição. Apesar da confiança dos jogadores, Kleberson avisou que esse jogo poderá ser muito complicado para os rubro-negros. E explica o motivo:

“Acho que essa partida se tornará perigosa para a gente porque vi várias vezes o Flamengo tropeçar quando estávamos em bom momento. Este será um jogo decisivo porque poderá nos deixar em posição mais confortável na classificação”, afirmou Kleberson, referindo-se à permanência do Flamengo no G-4.

As perdas dos atacantes Vagner Love e Adriano, que foram para o CSKA, da Rússia, e Roma, da Itália, respectivamente, e do goleiro Bruno, preso em Contagem (BH) pela suposta morte da ex-amante Eliza Samudio, segundo a polícia, parecem não fazer mais tanta falta assim. Kleberson disse que os jogadores que entraram estão solucionando os problemas.

“Jogadores talentosos fazem falta, mas estão surgindo outros (Marcelo Lomba,Diego Maurício e Vinícius Pacheco) que estão jogando e se destacando nas partidas. É claro que há uma grande diferença do mês de janeiro deste ano para julho, mas o time, como em 2009, vai crescer no momento certo”, afirmou.

Kleberson esteve na Gávea na companhia do filho Klebinho, de 7 anos, e, no momento da entrevista coletiva, apresentou o rebento vestido a caráter, com direito a chuteira e uniforme completo do Flamengo. A camisa 15 do papai, no entanto, deu lugar à 10, de Petkovic. O meia disse ter pedido ao patrocinar para confeccionar a 15 para dar ao garoto.

O tímido Klebinho ensaiou as primeiras palavras diante dos jornalistas e disse que gostaria de defender o Flamengo, mas não na posição do pai, o meio-campo. O garotinho quer seguir os passos de outros jogadores. “Quero ser atacante do Flamengo”, disse ele em voz baixa para Kleberson repetir.

Por: uol esportes

Jean pede mais uma semana para poder estrear pelo Flamengo

Zagueiro afirma que chegada do time ao G-4 foi uma 'surpresa boa'


Apesar da antecipação da abertura da janela de transferências do exterior, O Flamengo ainda terá esperar pelo menos mais uma semana para poder contar com o zagueiro Jean. Contratado ao FC Moscou (Rússia), o defensor afirma que ainda não está em condições físicas ideais para estrear pelo clube carioca.

- O que me atrapalha é a falta de ritmo. Temos mais treinos pela frente e vou pegar esse ritmo. E acredito que, na próxima semana, já estarei à disposição do professor Rogério - afirmou o jogador em entrevista à Rádio Brasil.

- Vontade não falta, mas creio que preciso de mais esta semana de treinamento. Tenho conversado bastante com o treinador e venho passando como estou me sentindo. Assim, caberá ao Rogério decidir se acha melhor me colocar ou esperar um pouco mais. Vai depender dele.

Ex-jogador do São Paulo, Grêmio e Corinthians, Jean admitiu estar surpreso com ascensão da equipe para o G-4 apenas duas rodadas depois do reínicio do Campeonato Brasileiro.

- Nós esperávamos encontrar mais dificuldades devido às muitas mudanças que aconteceram. Mas estar no G-4 foi uma surpresa boa. Estas duas vitórias servem para dar mais confiança ao grupo, que é jovem. Então, é trabalhar firme agora para manter o ritmo, especialmente neste mês, em que o espaço entre os jogos é menor.

Por: globoesporte.com

Na despedida, Vagner Love pensa na volta ao Flamengo: 'Quero mais'

No último dia no Rio de Janeiro, atacante quase perde voo para Moscou e não descarta retorno imediato ao Rubro-Negro


Vagner Love aproveitou a permanência no Rio de Janeiro até o último segundo. Depois de um ano de empréstimo – primeiro ao Palmeiras e depois ao Flamengo – o jogador embarcou para Moscou, via Paris, na tarde desta terça-feira ao lado do advogado Diogo Souza.

Acompanhado por quatro amigos, o Artilheiro do Amor chegou ao aeroporto Tom Jobim apenas 40 minutos antes de a aeronave decolar e por pouco não perdeu o voo. Na despedida, ele deu esperança de um retorno em breve à Gávea.

- Eu estou bem triste por deixar o time do coração. Por ter feito um bom trabalho e querer dar continuidade, mas infelizmente não aconteceu. Agora vou viajar para Moscou e ver o que posso resolver. Não sei (se dá para reverter). Quando chegar vou saber melhor a situação. Se eles querem me ceder novamente por empréstimo, não sei - declarou.

Ao lado dele, Diogo Souza assegurou que a companhia dele nada tem a ver com uma possível negociação com o Flamengo.

- Vou com o Vagner para resolver algumas questões particulares que não têm qualquer relação com o Flamengo. Há algumas sondagens, mas por enquanto ele continua no CSKA e cumpre o contrato (válido até junho de 2014) normalmente – disse o advogado.

Por: globoesporte.com

Rogério: 'Será a primeira vez que vamos repetir a escalação'

Treinador comemora a repetição do time contra o Avaí, mas Marquinhos não é regularizado. Val Baiano é inscrito na CBF, mas também está fora


As vitórias após a volta do Brasileirão trouxeram duas alegrias a Rogério Lourenço. A primeira, obviamente, é ter somado os seis pontos que deixaram o Flamengo no G-4. A outra é o fato dele ter encontrado uma formação e poder repeti-la pela primeira vez na competição. É isso que irá acontecer contra o Avaí, na próxima quarta-feira, no Maracanã. O treinador confirmou, nesta terça-feira, que vai manter o mesmo time que venceu o Atlético-GO, no último domingo, no Serra Dourada.

Rogério ainda não irá promover a estreia de Marquinhos, que nem sequer foi relacionado por estar abaixo do peso e por ainda não ter seu nome inscrito na CBF. Muito menos Val Baiano, cujo nome apareceu no Boletim Informativo Diário (BID) nesta terça-feira, mas está acima do peso. Os dois devem ser observados no jogo-treino contra o Artsul, quinta-feira, na Gávea.

- Val Baiano chegou numa condição física bem abaixo. Estávamos fazendo um trabalho preparando ele para o dia 7 de agosto. Vamos aguardar este jogo de quinta. Queremos que ele participe. Ele, o Jean, Marquinhos... Vamos ver se o Val tem condições para jogar domingo (contra o Internacional, em Porto Alegre), mas o planejamento é para ele pegar o Vasco (dia 1º de agosto) – explicou Rogério, que comemorou o fato de poder repetir a escalação.

No treino desta terça-feira, na Gávea, o técnico comandou um trabalho tático do sistema ofensivo. Nele, Correa continua sendo o primeiro volante do meio de campo, e Diego Maurício e Vinícius Pacheco formaram a dupla de ataque.

- Esta será a primeira vez que vamos conseguir repetir a escalação neste campeonato. A equipe começa a ganhar um corpo, uma cara... O Flamengo vem de duas vitórias. Não é o time dos sonhos, mas são jogadores que estão honrado a camisa do Flamengo, estão aplicados... – comemorou o treinador.

Com isso, o Flamengo enfrenta o Avaí com Marcelo Lomba, Leonardo Moura, Welinton, Ronaldo Angelim e Juan; Correa, Willians, Kleberson e Petkovic; Diego Maurício e Vinícius Pacheco. O jogo está marcado para as 21h (horário de Brasília) desta quarta-feira, no Maracanã.

Por: globoesporte.com

Reforços ainda estão em pauta no Flamengo

Vice de futebol diz que continua atrás dos 'reforços certos'


Com o pensamento de manter a mistura de experiência e juventude, a diretoria do Flamengo segue pensando em contratar jogadores para reforçar o elenco rubro-negro. Porém, tentando evitar erros de um passado recente, quando o clube trouxe atletas que não acrescentaram tanto para a equipe, os dirigentes não querem sair contratando e esperam as oportunidades certas.

– Continuamos atrás de jogadores. Nos próximos dias não devemos anunciar ninguém, mas isto é porque estamos atrás dos reforços certos. Queremos dar tiros certos e não errar – disse o novo vice de futebol do clube, Vinícius França, que em 1992, foi um dos responsáveis por montar a equipe campeão do Brasil.

Por: lancepress

De artilheiro da praia a goleiro titular do Fla: a trajetória de Marcelo Lomba

Atual arqueiro do Flamengo começou a carreira como atacante e chegou a ser artilheiro no futebol de areia. Mas a paixão do garoto sempre foi o gol

Aos cinco anos, ele já mostrava intimidade com a bola. Tudo começou no futebol de praia, no bairro de Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro, onde foi criado. Na escola, Marcelinho, como é chamado pelos pais e pelas irmãs, jogava futsal e foi aí que começou a despontar para o futebol.

Jogava na linha, como atacante e chegou a ser artilheiro no futebol de areia. Mas a paixão do menino era o gol. Em todas as partidas, ele sempre pedia para agarrar. E foi aí que o garoto tomou gosto pelas luvas. Jogando nas quadras pela Hebraica e, aos 13 anos, foi parar nos gramados do CFZ, onde se destacou e ganhou chances na Seleção Brasileira Sub-15 e Sub-17. A partir daí o goleiro, que já era uma das grandes promessas da sua geração, atraiu a atenção do Flamengo. Observado por um conselheiro do clube, o goleiro acabou sendo levado para fazer um teste no rubro-negro carioca, de onde não saiu mais.

Ao subir para o elenco profissional, Marcelo Lomba ficou apenas como a quarta opção do Flamengo. A chance da titularidade viria num momento difícil para o clube. Depois da polêmica que envolveu Bruno, o titular do gol rubro-negro, o jogador agarrou a oportunidade e espera se firmar. Mas nada de sonhos com a camisa 1. Ele adotou um número incomum para os arqueiros: o 29.

-É um prazer estar jogando pelo Flamengo. Eu fico muito feliz com o carinho da torcida. Estar jogando aqui é isso: em qualquer lugar do Brasil, somos procurados, e a torcida enche o estádio. Isso é uma grande responsabilidade - declarou.

Marcelo é o filho caçula da família Lomba, o único homem entre os três herdeiros. Mas se em casa o goleiro sempre foi o centro das atenções, no Flamengo, a história era bem diferente. Acostumado a não ser relacionado em jogos oficiais, só agora ele se tornou um dos protagonistas do plantel rubro-negro.

- No jogo contra o Botafogo foi que a ficha começou a cair. A responsabilidade de entrar no Maracanã e ver seu nome gritado pela torcida, de após o jogo você aparecer na televisão, ter que dar entrevista... Isso sim faz você ver que aquilo é verdade - explicou o goleiro de apenas 23 anos.



Apesar da pouca idade, Marcelo já havia atuado como goleiro titular do Flamengo em duas partidas oficiais: contra o Universidad Católica, pela Libertadores, e Friburguense, pelo Campeonato Carioca. Mesmo com a pouca experiência, o goleiro não se intimidou ao enfrentar o Botafogo, na última quarta-feira.

- Nervoso eu não fiquei, mas sou um cara bem emotivo. Jogo a partida toda falando, sempre aquecendo e concentrado. A adrenalina foi grande, mas não considero que tenha ficado nervoso - lembrou.

Com poucos jogos como primeiro goleiro, Marcelo Lomba já colhe os frutos do recente destaque no gol do Flamengo. E ele não quer parar por aí: espera se fimar como titular do clube que o projetou para o futebol profissional.

- Não quero ficar somente nesses dois jogos. Eu batalhei muito para estar aqui e tinha certeza que, quando tivesse a chance, eu ia pegar firme e não ia deixar escapar. Tenho um longo caminho pela frente, quero honrar a camisa do Flamengo - disse, orgulhoso.

E para continuar essa recente e vitoriosa história, Marcelo Lomba terá um novo desafio pela frente, nesta quarta-feira, contra o Avaí, às 21h, no Maracanã.

Por: globoesporte.com

'Lomba é visto como goleiro que pode seguir Júlio César', diz técnico

Segundo o técnico do Flamengo, Rogério Lourenço, o substituto de Bruno, Marcelo Lomba, é visto como um goleiro que pode repetir os passos de Júlio César, revelado pelo time da Gávea e hoje titular da Inter de Milão e da seleção brasileira.

Durante participação no programa Bate Bola 2ª edição desta segunda-feira, o treinador falou sobre a expectativa em torno de Lomba e das dificuldades encontradas pela equipe nos últimos dias com as acusações sobre Bruno, preso como suspeito de sequestro e assassinato de sua ex-amante.

Por: ESPN

Petkovic é o dono da camisa 10 no Flamengo

Além de titular, o apoiador agora serve de referência também fora de campo


Em meio ao caos que se estabeleceu no Flamengo após a desclassificação da Copa Libertadores, à perda do Estadual e ao caso Bruno – responsável por arranhões profundos na imagem do clube –, um jogador se fortaleceu: Petkovic, de novo dono da camisa 10, manto sagrado imortalizado por Zico, antes utilizado por Adriano.

Último grande ídolo da Gávea, o sérvio, que no início do ano, em entrevista ao LANCENET!, criticara a antiga administração por permitir, perigosamente, privilégios a suas estrelas, retorna para, mais do que dar o toque de qualidade ao meio de campo do time, ser a referência, dentro e fora de campo.

Um dos maiores admiradores do gringo, Rogério o classifica como craque e ressalta que as qualidades do apoiador extrapolam o mundo da bola. Servem para mostrar aos mais jovens, destaca o treinador, que tão importante quanto marcar gols é ser eficiente também na propagação da centenária marca Flamengo.

– O Pet tem sido importantíssimo Tem ajudado muito os mais jovens, que começam a se estabelecer em um momento adverso. Por conta de seu profissionalismo é que tem podido jogar, em alto nível, apesar dos 37 anos de idade – comentou Rogério.

Uma das promessas das divisões de base da Gávea, o jovem zagueiro Wellinton reconhece que o sérvio tem sido mesmo muito importante no processo de formação dos novos talentos e no de reformulação do clube, disposto a por fim a privilégios e confusões fora de campo.

– Não é somente o Pet que tem nos ajudado. Tem o Angelim, o Léo Moura, o Juan. Mas claro que o Pet é uma referência. Ele sempre procura nos ajudar com um toque ou outro. Todos eles estão acostumados a grandes jogos e isso é muito importante – elogiou Wellinton, titular nos últimos dois jogos, enquanto David aguarda a renovação de contrato.

Mas Petkovic não ajuda somente com seu exemplo de jogador vitorioso e dedicado. Na prática, ele também faz a diferença. Após a Copa, foi decisivo contra o Botafogo, ao dar passe que resultou em gol, e contra o Atlético Goianiense, quando garantiu a vitória, ao converter pênalti.

Por: Carlos Monteiro e Nathan de Lima

Reunião na Gávea ‘derruba’ demissão de Bruno

Sem a presença da presidente Patrícia Amorim, vice-geral e presidentes dos Conselhos do Rubro-Negro mudam decisão de comissão jurídica


Uma reunião na noite desta segunda-feira, na Gávea, mudou a posição do Flamengo sobre a demissão de Bruno, preso por suposto envolvimento no desaparecimento da jovem Eliza Samudio. A conversa reuniu o vice-geral Hélio Ferraz, os presidentes dos conselhos do clube, Mauríco Gomes de Mattos, Leonardo Ribeiro e Eduardo Motta, e o ex-vice de futebol Marcos Braz. Helinho decidiu não assinar a carta que seria enviada ao presídio em Minas Gerais demitindo o jogador por justa causa.

No encontro da noite de segunda, primeiramente, Braz lamentou a forma como o caso foi conduzido na imprensa pela presidente. Ela ligou o possível envolvimento do goleiro à falta de comando no departamento de futebol durante a gestão do ex-dirigente.

Em seguida, Hélio Paulo Ferraz ouviu dos presidentes dos conselhos que seria arriscado e imprudente demitir Bruno antes da condenação oficial. A decisão é contrária à tomada pelos juristas que o Flamengo nomeou para dar um parecer sobre o caso. Patrícia, que está nos Estados Unidos, foi comunicada por telefone da decisão. Procurado pelo GLOBOESPORTE.COM às 22h, Hélio Paulo Ferraz desmentiu a possibilidade.

- Tive uma reunião, sim. Mas por outros motivos. Nada a ver com a questão do Bruno – disse.

Porém, o próprio dirigente voltou atrás uma hora depois e reconheceu que houve, sim, a decisão de adiar momentaneamente a demissão de Bruno. Desta forma, o contrato dele, válido até o fim de 2012, continua suspenso.

A comissão jurídica que decidiu pela demissão tinha o advogado Mário Pucheu, o juiz federal Theophilo Miguel e os desembargadores Marcus Faver, Siro Darlan e Walter D'Agostino, Marcelo Antero e José da Fonseca Martins Júnior.

Por: globoesporte.com

Zico provoca Nunes em rápido encontro na Gávea

Diretor-executivo brinca com a camisa do ex-atacante, lembrando os passes que o deixaram na cara do gol quando jogavam pelo Fla na década de 80

A dupla ofensiva que mais deu alegrias ao Flamengo esteve junta na tarde da última segunda-feira, na Gávea. Nunes foi ao clube rapidamente e acabou tendo uma descontraída conversa com Zico. Até aí, nada de anormal. Mas o que chamou a atenção foi uma das brincadeiras que deu para ser escutada enquanto os dois ex-jogadores que conquistaram alguns Brasileiros, a Libertadores e o Mundial se falavam. Quando viu que o ex-companheiro estava vestido com uma camisa vermelha com os dizeres “Gol do Nunes”, o atual diretor-executivo não se conteve e provocou sorridente.

- Essa camisa deveria ter uma frase a mais. Foi “Gol do Nunes” com passe de quem? Tinham que dar o crédito para quem te botava na cara do gol. Só isso aí não dá – brincou Zico.



Por: globoesporte.com

segunda-feira, 19 de julho de 2010

Flamengo em alerta com boa fase do Avaí

O Flamengo venceu duas partidas consecutivas, pegou embalo no Campeonato Brasileiro e já figura na zona de classificação para a próxima Copa Libertadores. Apesar dessa realidade a ordem na Gávea é manter os pés no chão, uma vez que foi ligado o sinal de alerta em relação ao próximo adversário. Na quarta-feira o Rubro-Negro vai medir forças com o Avaí, às 21h, no Maracanã. Os catarinenses, a exemplo dos flamenguistas, também retornaram da Copa do Mundo com dois triunfos.

Se o Flamengo conseguiu ganhar o clássico contra o Botafogo por 1 a 0 e, pelo mesmo marcador, superar o lanterna Atlético-GO, o Avaí também mostrou força. Fez 2 a 1 no São Paulo, em pleno Morumbi, e aplicou 4 a 2 no Palmeiras, na estreia do técnico Luiz Felipe Scolari no Verdão. Resultados que despertaram a cautela por parte dos rubro-negros.

"Não será um jogo fácil, pois o Avaí também está embalado e fazendo uma grande campanha. O time deles é muito bem armado e está empolgado pela sequência contra São Paulo e Palmeiras. Isso torna as coisas mais complicadas para a nossa equipe. Mas se quisermos ir longe neste Campeonato Brasileiro vamos precisar superar esses desafios, principalmente dentro de casa", disse o meia Petkovic.

Para o técnico Rogério Lourenço a maior dificuldade de se enfrentar o Avaí está no fato de o time catarinense atuar de maneira muito corajosa como visitante.

"O Avaí tem um estilo de jogo muito bem definido pelo Antônio Lopes e por isso mesmo não se intimida quando atua na condição de visitante. Eles sempre tentam se impor. Foi assim contra o São Paulo no Morumbi, quando se aproveitaram dos erros do adversário para ganhar. Contra o Flamengo eles com certeza estão pensando em mais uma vitória e nós não podemos deixar isso acontecer. Principalmente porque também temos uma boa equipe, estamos embalados na competição e contaremos com o apoio dos nossos torcedores", observou.

O otimismo do treinador se estende ao goleiro Marcelo Lomba, que voltou a ter uma grande atuação contra o Atlético-GO e dá sinais de que vai herdar mesmo a camisa de Bruno, demitido do clube por conta da acusação de seu envolvimento com o desaparecimento da estudante Eliza Samúdio.

"O Flamengo está vivendo uma nova era neste Campeonato Brasileiro, depois de alguns resultados negativos. Conseguimos uma sequência de dois triunfos, que foram muito importantes em termos de tabela de classificação. Agora precisamos focar esse jogo contra o Avaí, que também atravessa um grande momento e vai vender muito caro uma derrota. Mas não podemos deixar passar essa boa fase", comentou Lomba.

O elenco do Flamengo participou de um trabalho regenerativo nesta segunda-feira e na terça Rogério Lourenço vai comandar um atividade tática para definir a formação que vai enfrentar o Avaí. A tendência é que ele mantenha a base dos confrontos anteriores. Após o treino começa o período de concentração para o confronto diante dos catarinenses. Com 15 pontos conquistados o Rubro-Negro precisa de um triunfo para seguir no G-4.

Por: Gazeta Esportiva

Maldonado volta a treinar com bola

Volante fica à disposição de Rogério Lourenço

Maldonado voltou a treinar normalmente com bola, nesta segunda-feira. O jogador fez um trabalho específico com os preparadores físicos do clube, separadamente dos demais companheiros. Sendo assim, o volante passa a ficar à disposição de Rogério.

Mas acontece que Juan Figger, empresário do jogador, negocia uma possível transferência para o Atlético Mineiro ou até mesmo para o futebol internacional. Como já fez quatro jogos pelo Flamengo, o volante poderia disputar apenas mais duas partidas, caso queira chegar ao Galo ainda em condições de ajudar o clube mineiro ainda neste Brasileiro.

A última partida de Maldonado pelo Flamengo foi no dia 5 de junho, na derrota de 2 a 1 para o Goiás, em pleno Maracanã.

Por: lancepress

Diretoria espera regularizar David nesta terça

Esperança de Zico é colocar o zagueiro em campo até domingo


O diretor executivo de futebol do Flamengo, Zico, aguarda a chegada do documento do Panathinaikos (GRE) para poder regularizar a renovação do zagueiro David, que já acertou um novo contrato até 2014.

Os gregos esperavam apenas o pagamento do Flamengo para liberar o documento assinado.

– Esperamos contar com o David até o fim desta semana. O documento já foi assinado pelo Panathinaikos. Deve chegar ainda nesta terça. Isto acontecendo, podemos até mesmo colocá-lo em campo já na quarta-feira contra o Avaí. Vamos aguardar – disse Zico.

A expectativa inicial da diretoria era que nesta segunda-feira o documento chegasse, mas isto acabou não acontecendo. David era titular da zaga rubro-negra desde o fim de 2009.

Por: Nathan de Lima

Pet, sobre o caso Bruno: ‘Não sabemos mais o que pensar’

Sem citar o nome do ex-companheiro, meia diz que prisão do goleiro surpreendeu a todos no Flamengo

Convidado do programa “Bem, Amigos!” do SporTV nesta segunda-feira, o meia do Flamengo Petkovic falou sobre toda a repercussão do caso do goleiro Bruno, que está preso em Minas Gerais por ser suspeito de participar do desaparecimento de Eliza Samudio. Sem citar o nome do ex-companheiro, o sérvio afirmou que o possível envolvimento do jogador pegou todos na Gávea de surpresa e ainda mexe com os atletas.

- Foi uma surpresa grande. Ficamos assustados com a situação. Não sabemos mais o que pensar. Tentaram tirar da mídia, escolhemos o melhor caminho, que é cada um fazer o seu trabalho: os jogadores jogarem, a direção e comissão técnica aplicarem o treinamento, o Zico trazer reforços, e estamos deixando para ver o que vai acontecer com esta situação – disse.

Segundo o camisa 10 rubro-negro, a intertemporada realizada em Itu, no interior de São Paulo, durante a Copa do Mundo, e a retomada do time no Campeonato Brasileiro com duas vitórias (sobre Botafogo e Atlético-GO) ajudaram a fortalecer o grupo.

- O clima agora está bem melhor, estávamos com ansiedade de voltar o campeonato para tirar um pouco o foco da situação, que ficou complicada quando a seleção brasileira foi eliminada da Copa. Aí virou tudo para o Flamengo, para a situação envolvendo o goleiro. Começamos bem, temos de dar continuidade. No início foi mais difícil. Aquela intertemporada foi muito boa, porque realmente tivemos informação todos os dias e nós acompanhávamos. Mas trabalhando em Itu foi muito bom para trabalharmos em paz, nos dedicarmos e ficarmos menos expostos. Ninguém poderia dar uma resposta exata. Ficaríamos sem palavras. Para os jogadores mais jovens foi muito melhor. Alguém poderia dizer alguma coisa e se arrepender – comentou.

Petkovic e Bruno tiveram um desentendimento em abril deste ano. Foi no intervalo da derrota por 2 a 0 para o Universidad Católica, em Santiago, no Chile, pela Taça Libertadores. Na ocasião, o goleiro, irritado com a atuação do meia, partiu para cima do sérvio no vestiário.

Quem também falou sobre o caso Bruno foi o atacante Washington. Convidado do programa, o jogador do São Paulo acredita que a carreira do goleiro está comprometida, mesmo que ele seja inocentado.

- Foi uma surpresa para todos os clubes e para os próprios jogadores do Flamengo. Ficamos na torcida para que o Bruno consiga tentar ter um final feliz. Sabemos que é difícil. Isso já manchou muito a imagem dele e, consequentemente, generaliza. Mancha a imagem de todos os jogadores - comentou.

Elogios para a nova fase do clube


Pet também foi questionado sobre uma constatação do diretor-executivo do clube, Zico, feita na semana passada. A exposição negativa constante da imagem do Rubro-Negro no noticiário desapontou o maior ídolo da história. Na análise do Galinho, o título brasileiro de 2009 foi prejudicial porque deu a ideia que os jogadores eram super-heróis que “tudo podiam”. Sem entrar em detalhes, o meia lembrou que a temporada começou com problemas.

- Eu não vi exatamente o que o Zico disse para a imprensa, mas o que ele falou para o grupo é que o título do Brasileiro não pode dar direito a você de ter algo mais que qualquer outra pessoa. Muitas coisas erradas aconteceram no início do ano. Não vou dar ibope para quem não merece, mas o Flamengo está num bom caminho, não tem um time galáctico como todos queriam, mas pela nova realidade, pelas pessoas que estão na gestão do futebol, estamos indo passo a passo. Temos profissionais sérios. Todos queriam o Zico e ele está aqui. Temos camisa para honrar, nossa faixa para defender. O Flamengo está conseguindo ter a cabeça no lugar com uma administração muito boa – frisou.

Por: Bem Amigos

Agora titular, Marcelo Lomba fala em renovação de contrato

Negociação para extensão do vínculo com o goleiro até 2015 começou com a antiga diretoria, mas não foi levada adiante por questões políticas do Fla


As duas boas atuações substituindo Bruno (nas vitórias contra o Botafogo e Atlético-GO) trouxeram à tona um assunto referente a Marcelo Lomba que ainda não conseguiu ser resolvido em 2010. Desde o começo do ano que o goleiro vem tentando renovar o seu contrato, que termina em dezembro de 2012. Mas ele ainda não conseguiu isso por conta das diversas mudanças políticas que aconteceram no departamento de futebol este ano.

O empresário de Lomba, Eduardo Uram, confirmou que já deixou tudo encaminhado com diversos dirigentes para uma extensão do vínculo até 2015, com aumento nas bases salariais. Primeiro com o ex-diretor-executivo, Eduardo Manhães. Depois com o advogado Luís Manoel, que ajudou o clube após a saída do então vice de futebol, Marcos Braz. Por último, também tinha começado a negociar com Hélio Ferraz e Carlos Peixoto, que estavam no comando do futebol antes de Zico assumir.

Nada disso, porém, tem tirado o foco do goleiro, que disse estar com a cabeça voltada apenas para se firmar como titular do Flamengo. Mas ele admitiu que gostaria que isso fosse resolvido.

- Ainda não renovei o contrato esse ano. Estou esperando... Sei que houve algumas questões políticas que atrapalharam isso. Mas minha cabeça está tranquila. É claro que nós sempre pensamos em ter um contrato, mas estou com a cabeça boa e vou seguir trabalhando para ir conquistando meu espaço – disse Marcelo Lomba, que está com 23 anos.

Por enquanto, a atual diretoria ainda não se manifestou sobre esse assunto, mas já deixou claro, inúmeras vezes, que o momento é de apoiar o goleiro, que está confirmado contra o Avaí, nesta quarta-feira, no Maracanã. Por enquanto, porém, ele deve seguir usando a camisa 29. Ainda não existe uma previsão dele usar a camisa 1.

Por: globoesporte.com

Flamengo não se beneficia com janela antecipada

Renato Abreu e Val Baiano só jogam em agosto


A janela abriu antes do tempo e o Flamengo não se beneficiou como outros clubes.. Os dois atletas contratados do exterior – Val Baiano e Renato Abreu – não podem reforçar a equipe imediatamente.

O atacante chegou ao clube bem acima do peso e o preparador físico Toninho Oliveira fez todo o trabalho de recondicionamento visando à estreia apenas no dia 7 de agosto. Desta forma, não há como escalá-lo nos duelos contra Avaí e Inter. A ideia é colocá-lo em campo no clássico contra o Vasco, dia 1º.

- Seria precipitado colocá-lo antes porque ele poderia estourar o músculo – declarou.

Já Renato Abreu tem contrato com o Al-Shabbab até o fim de julho e ainda está nos Emirados Árabes. Ele chega ao Rio de Janeiro apenas no início de agosto e ainda não tem estreia programada.

- O Renato anotou meu e-mail e passei um trabalho físico para ele. Não deve haver grande problema para colocá-lo em campo porque é um jogador que se cuida muito – afirmou Toninho Oliveira.

Parado há sete meses, o zagueiro Jean, ex-FC Moscou, não se encaixa na regra de transferência internacional e já está inscrito na CBF. Ele não foi aproveitado por questão física.

Em entrevista na última quinta-feira, quando questionado sobre a ausência de grandes reforços, o diretor-executivo Zico disse que não tinha pressa porque os reforços só poderiam ser inscritos em agosto. Só não contava com a alteração de última hora feita no regulamento.

Por: globoesporte.com

domingo, 18 de julho de 2010

Com gol de Pet, Fla bate Atlético-GO e segue sua reabilitação no Brasileiro

De pênalti, sérvio marca o gol da vitória e deixa o rubro-negro carioca na zona da Libertadores. Donos da casa seguem na lanterna




O Flamengo segue seu processo de reabilitação. Abatido recentemente por problemas fora das quatro linhas, dentro de campo o time carioca venceu mais uma e, mesmo sem ser brilhante, já figura entre os primeiros colocados do Brasileiro. Petkovic, de pênalti, fez o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-GO. O resultado deixa a equipe com 15 pontos, provisoriamente em quarto lugar. A equipe goiana, por sua vez, prossegue seu calvário: é lanterna com apenas quatro pontos.

Na próxima rodada, o Flamengo enfrenta o Avaí, às 21h (horário de Braspilia), quarta-feira, no Maracanã. Já o Atlético-GO recebe o Corinthians, também na quarta-feira, no Serra Dourada.

Petkovic abre o placar de pênalti


O céu azul, temperatura agradável em pleno inverno e um campo de grandes dimensões sinalizavam que o jogo tinha tudo para ser bom. E foi isso que aconteceu no primeiro tempo. Os dois times procuraram jogar futebol e criaram inúmeras chances desde que a bola rolou.

Logo nos primeiros minutos, Flamengo e Atlético-GO tiveram faltas para bater perto da área. Mas as duas cobranças acabaram não levando tanto perigo. A primeira grande chance de gol mesmo aconteceu num lance inusitado, quando Dida foi realizar um cruzamento pela direita. A bola pegou uma curva diferente e obrigou a Marcelo Lomba fazer uma defesa improvisada.

Após esta chance, os dois times passaram a oscilar no ataque, sempre chegando sem maiores dificuldades. Afinal, o jogo esteve aberto e concentrado pelo lado esquerdo do Flamengo, onde Dida e Juan travaram bom duelo. Foi por ali que, após boa triangulação ofensiva aos 19 minutos, o lateral do rubro-negro carioca rolou a bola para Petkovic chutar forte por cima do gol.

A resposta do Atlético-GO veio em uma cobrança de falta de Robston, que obrigou Marcelo Lomba a fazer nova boa defesa, espalmando a bola para fora. No contra-ataque, o Flamengo quase abriu o placar. Vinícius Pacheco arrancou pela direita e cruzou na medida para Juan, que mesmo livre de marcação errou a cabeçada na pequena área.

A partir daí, o ritmo do jogo deixou de ser acelerado e os times passaram a cadenciar mais suas ações. Mas aos 30, o Atlético-GO assustou. Em cruzamento na área, Rodrigo Tiuí girou em cima de Angelim e finalizou rasteiro no meio do gol. Bem posicionado, Lomba defendeu. Cinco minutos depois, foi a vez de o Flamengo responder. Diego Maurício recebeu a bola na ponta esquerda, passou por Dida, invadiu a área e foi derrubado por Gilson: pênalti. Na cobrança, Petkovic bateu com categoria: 1 a 0 Flamengo.

Com a vantagem o placar, o time carioca passou a valorizar um pouco mais a posse de bola até o fim do primeiro tempo.

Atlético-GO volta do intervalo mais ofensivo


Satisfeito com a postura do seu time, Rogério Lourenço não fez mudanças no intervalo. O mesmo não aconteceu com Roberto Fernandes, que fez duas substituições para deixar seu time mais ofensivo. O técnico do Atlético-GO tirou o volante Pituca para colocar o apoiador William, e Rodrigo Tiuí, com dores musculares, foi substituído por Juninho. O efeito das modificações foi logo percebido, já que os donos da casa começaram pressionando. O único susto até os primeiros 10 minutos só aconteceu num chutão errado de Welton Felipe, que quase marcou gol contra e obrigou o goleiro Marcio a fazer defesa.

Mais recuado por conta da pressão do adversário, o Flamengo passou a explorar os contra-ataques. Ao mesmo tempo, porém, não conseguia valorizar a posse de bola, nem prender o jogo no seu ataque ou até mesmo no campo do adversário. Talvez por isso Rogério Lourenço resolveu fazer sua primeira substituição justamente no setor. Aos 20, ele tirou Diego Maurício e promoveu a estréia do colombiano Cristian Borja.

No minuto seguinte, o Atlético-GO quase empatou o jogo num chute de Pedro Paulo. Marcelo Lomba teve de se esticar todo para espalmar a bola, que sobrou para Elias. Mas Léo Moura salvou o rebote. Depois disso, o jogo deu uma acalmada e as chances de gol passaram a ser mais escassas. Só aos 33 que os donos da casa tiveram uma chance melhor, quando Anaílson cruzou pela esquerda. Sem marcação, Juninho cabeceou para fora, por cima do gol.

Com a entrada de Rômulo no lugar de Kleberson, o Flamengo passou a segura mais a bola no ataque, mesmo sem criar boas oportunidades. Ao mesmo tempo, porém, passou a dar mais brechas na defesa. Talvez por isso, Rogério resolveu segurar o placar colocando mais um zagueiro em campo. Após boa estreia, Correa foi substituído por Fabrício.

No fim do jogo, a pressão dos donos da casa foi constante. A bola passou a cruzar a área flamenguista, gerando grande apreensão. Aos 43, Juninho tabelou com Anaílson e só não marcou porque a bola desviou em Ronaldo Angelim. Mas o Flamengo, que poderia ampliar com Cristian Borja nos acréscimos, conseguiu segurar o placar e deixou o Serra Dourada com os três pontos.

Por: globoesporte.com